quinta-feira, 14 de dezembro de 2017
REGRAS - Sorteio Instagram ~ Star Wars

Como vocês sabem, a Força é poderosa nesse blog e para finalizarmos o ano com chave de ouro, em parceria com o @casinhadebrinquedo, vamos sortear esse incrível Kit Star Wars para um seguidor! ⚔




Inscrições: De 14/dez a 22/dez às 10h
Resultado: 22/dezembro

Prêmio

• 01 Funko Pop - Poe Dameron;
• 01 DVD Star Wars Rebels: A Fagulha de uma Rebelião;
• 01 Action Figure Hasbro Black Series Finn.

Para concorrer basta:

• Marcar 3 amigos diferentes por comentário na foto oficial, QUANTAS VEZES QUISER. Não será aceito perfis de famosos/lojas/marcas/inativos ou de pessoas que não sejam seus amigos (Sim, estamos de olho!)

• O sorteio será realizado através de site/app sorteador (ou similar) e divulgado em nossas redes sociais;
• O ganhador terá 48h para entrar em contato;
• Caso qualquer regra não seja seguida ou o ganhador não entre em contato no prazo estipulado, um novo sorteio será realizado;
• O prêmio será enviado em até 30 dias após o recebimento dos dados para envio;
• Não nos responsabilizamos por extravios dos Correios;
• Promoção válida apenas para o território nacional.

Tem alguma dúvida? Pergunta pra gente via Direct, Facebook ou pelo e-mail entrelinhasfantasticas@gmail.com!

Curta, marque seus amigos!
E que a Força esteja com você!


quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Matthieu Zela parou de envelhecer, e mesmo com mais de duzentos anos ainda conserva o rosto e o físico de um homem de cinquenta. Eis que ele resolve contar sua história, de como saiu da França junto do meio irmão Thomas após o assassinato brutal da mãe, conheceu e se apaixonou por Dominique no navio até a Inglaterra e viveu ao longo do tempo. O curioso de tudo isso é que os descendentes do seu meio irmão nunca viveram mais que 25 anos de idade, e Matthieu também nos envolve na trágica história dos Thomas ao longo dos séculos.



quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Depois da tortura que foi ler Noite Sobre as Águas, só não comecei As Espiãs do Dia D com maior desconfiança pois uma tia havia lido antes de mim e gostado bastante. E realmente, nem parece que foi o mesmo cara que escreveu os dois livros!


quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Aqui no blog adoraaaamos tubarões, eu e a Jack somos super fãs da franquia Sharknado, e de presente de aniversário a Denise me deu um exemplar do clássico Tubarão do Peter Benchley! Obrigada <3

Tudo estava bem em Amity, uma cidade costeira famosa por receber inúmeros turistas em alta temporada. Até que uma moça é brutalmente atacada por um tubarão. Seus restos mortais são encontrados na praia e colocam o chefe da polícia Martin Brody em alerta. Ele deseja a todo custo fechar as praias a fim de evitar novos ataques, mas o prefeito pensa diferente. De olho no dinheiro gasto pelos veranistas, trava uma briga com o policial e teima em deixar as praias abertas. Obviamente os ataques continuam até que Martin resolve por a mão na massa e dar um jeito no bicho.


segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Dezembro já está batendo às portas e agora temos que encarar algumas realidades, pegar aquela listinha que montamos no começo do ano e descobrir quais delas ainda conseguimos cumprir e quais vão ter que passar para o ano que vem. E nem vou falar de nossas metas mais pessoais - deixe para encará-las lá em janeiro/fevereiro, o ano ainda não acabou, não é mesmo?! ¯\_(ツ)_/¯ O melhor negócio agora é manter a meta aberta!

Alguns dos integrantes das listas. E meu relacionamento com a Netflix tá beem aberto! xD
Nesses últimos dias de novembro choveu de galera perguntando como andam as metas… literárias, cinematográficas e serialísticas. Fui abrir meu perfil do skoob, filmow e minha lista da Netflix e tô triste com a minha procrastinação, mas algumas de minhas metas ainda estão vivas, ao menos ⅓ delas hahahaha… Aquela que se refere aos livros. É audaciosa? É. Mas até dia 31 de dezembro, vou correr contra o fim do ano para bater a meta de 28 livros anuais. 

A lista de filmes tá boa, mas poderia ter sido um pouco melhor, fiquei de assistir uns clássicos, uns “qquetáconteceno”, uns fofin e rever outros, mas vida que segue. Como todos os anos, ano que vem prometo me dedicar ao reino cinematográfico com mais afinco e ficar mais feliz com esse balanço, o legal desse ano é que consegui acompanhar boa parte das estreias e teve muito filme bom! Hinos que serão exaltados - e talvez revistos - por muito tempo! ♥

Agora as séries, amigos, avacalhei geral! Eu vou ter que rir, jogar tudo para o ano que vem e somar as novas temporadas, sabe aquele negócio de "vamos dobrar a meta?", pois é… Levei a sério demais! auhsuahsuhas. É assim que está o meu reino serialístico, queria maratonar como a Jack e assistir várias… Só queria, porque na prática eu acabo fazendo outraaa coisa. Essa era a que eu tinha mais esperança, mas sei lá… Vou culpar minha internet ruim e xingar muito no twitter. xD 

Brincadeiras a parte, apesar das minhas metas não estarem do jeitinho que queria, tô bem feliz! Vi um post lá no Instagram das meninas do @saymybook, que de certa forma me inspirou para escrever esse texto. Às vezes a gente se cobra muito, coloca umas metas ‘exageradas’ e - por mais que a gente queira o contrário - muita coisa acaba saindo dos trilhos. Se a gente não bater a meta, não tem problema! A gente joga pro ano que vem, o importante é não transformar um hobby (pois acredito que é nessa “categoria” que eles se encaixam para muitos que nos lêem) em obsessão e/ou em algo maçante e obrigatório. 

A pergunta final no texto das meninas é “Você está vivendo ou só lendo?”, para mim é um pouco dos dois! Aproveitando o melhor dos dois mundos. Fugindo da realidade nos livros, séries, filmes e jogos e também aproveitando as vivências do dia-a-dia. Como sempre, o equilíbrio é a chave para abrir essas portas e conseguir atravessá-las!

E então, como estão suas metas??

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Conferi o filme na 41ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo com a Livs ♥, foi minha primeira Mostra e não sabia o que esperar, já que a sinopse não era nada reveladora. Fui pega pelo título e pela curiosidade. E pode ser muita presunção minha, mas acho que muitos de nós se identificariam com o Laéssio. 


quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Em Mulheres Sem Nome acompanhamos a Segunda Guerra Mundial pelo ponto de vista de três jovens mulheres: a socialite americana Caroline Ferriday que trabalha voluntariamente no consulado francês; a alemã Herta Oberheuser, uma médica recém formada e a polonesa Kasia Kuzmerick.

Caroline vê seus dias cada vez mais atarefados conforme a guerra avança. São inúmeros apelos de franceses que querem ou entrar ou sair dos Estados Unidos e ela se desdobra entre o trabalho no consulado, jantares beneficentes, envios de roupas a orfanatos e sua paixão pelo ator Paul Rodierre. Já Herta é uma recém formada sem perspectiva. Ainda que hesite, abraça o trabalho no campo de concentração feminino Ravensbrück onde pode usar suas habilidades de cirurgiã sem parcimônia. Já Kasia resolve trabalhar para a resistência polonesa, até ser capturada junto da irmã e mãe e ser enviada para Ravensbrück, onde passará por duras provações.

Busca

Tecnologia do Blogger.

Sobre Nós

No Blog

Arquivo

Seguidores

Facebook

Instagram

Twitter

Editora Parceira

Parceiros

Postagens Populares

Visitas

As opiniões aqui presentes são próprias das autoras do blog, não representando necessariamente a opinião das editoras e/ou autores.