sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Nossa equipe, sendo fã de Life is Strange → veja o review da Thalita aqui ←, ficou num misto de curiosidade e animação quando soubemos que haveria um novo jogo, nos perguntando como isso funcionaria. Mais curiosas ainda ficamos quando soubemos que se tratava de uma prequel, contando os eventos que aconteceram em Arcadia Bay antes dos famosos cinco episódios de Life is Strange (LiS). E até agora, posso dizer que o resultado não deixou a desejar.

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

“Minha Metade Silenciosa” foi uma leitura bem despretensiosa, não digo que foi sem expectativas, pois  quando comprei um vendedor me disse que havia sido uma de duas melhores leituras de 2014. Li de curiosa e descobri uma história densa, tensa, um pouco pesada, mas que conseguiu me encantar e surpreender.

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Ontem fui com minha priminha de 5 anos tomar vacina. Ela, muito sagaz, reconheceu o caminho um pouco antes de chegar no local e com a voz trêmula perguntou se ia tomar injeção. Eu, mole que só, já quase comecei a chorar. Ela, que vestia sua blusinha da Mulher-Maravilha, imediata e obstinadamente respirou fundo e disse que precisava ser corajosa e tomar a injeção pra ficar forte e poder salvar o mundo. Eu, mais mole ainda, com os olhos marejados sorri de sua reação. Como não me emocionar com uma verdadeira guerreira dessas? Ela enfrentou o seu medo sem chorar e depois, correndo e pulando como a pequena heroína que é, presenteou quem estivesse disposto a ouvi-la com sua alegria pelo desafio superado. Esses eventos colocam as coisas em perspectiva, as lições que uma criança nos ensina.

O que também me levou a pensar sobre um assunto que vinha permeando minha mente. Para mim, dois filmes desse ano que me fizeram deixar a sala de cinema emocionada - e voltar para viver essa alegria novamente - foram Mulher-Maravilha e Moana, ambos atuais prediletos de minha prima. Nos dois filmes, saí da sala com um enorme sorriso que não cabia no rosto e com a alegria genuína, não de alguém que simplesmente viu um ótimo filme, mas de quem sabia que aqueles filmes seriam para essa geração o que Mulan foi para mim, um divisor de águas.

Dois HINOS ♥
Recentemente, quando minha mãe veio me visitar, a fiz rir num sábado quando levantei pulando como uma criança - coisa que ela não perdeu a chance de me apontar mais de uma vez - com um blu-ray na mão, cantando toda a trilha sonora de Mulan e falando que apresentaria pra ela e para minha tia o hino da minha vida. Ela claramente não me levou a sério quando viu a capa do “desenho”, mas ao final se surpreendeu não apenas com a história da jovem que salvou a China, mas com a história da mulher de 27 anos que ela viu crescer e, emocionada, contava como a menina de 8 anos que um dia fora foi marcada pelo momento em que, mesmerizada, viu uma heroína salvar a todos.

Eu não mais precisava fingir ser o herói - perdi as contas de quantas vezes fingi ser o Seiya de Pégaso ou Shun de Andrômeda - por pura falta de opção, eu podia finalmente ser a heroína que eu queria ser, uma que de alguma forma me representava. Ali eu vi que uma mulher não precisava ser a sidekick, ela poderia ser a guerreira, dona de suas próprias decisões e capaz vencer suas batalhas. Percebe como mais uma heroína no mar de heróis faz a diferença na vida das pessoas? Na minha foi tremenda.

E sabe a minha priminha? Nesse momento ela deve estar salvando o mundo como Mulher-Maravilha, com um o sabre de luz enfrentando Kylo Ren e a temível Primeira Ordem como Rey ou quem sabe desbravando os mares como Moana. Para ela essa aventura está apenas começando. E quanto a mim? Ah, meu coração transborda.

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Quem me conhece sabe que tenho pavor de palhaços, aquela grande boca vermelha e com um sorriso permanente me causa arrepios e até hoje não consegui ler It - A Coisa justamente por aquela capa tenebrosa e por não imaginar o que a mente fantástica e diabólica de Stephen King poderia ter desenvolvido. Apesar disso - e com todo o medo do mundo, fui conferir o remake desse capirotinho em forma de palhaço e saí FASCINADA do cinema. Com um puta medo de encontrar um Pennywise na esquina, mas fascinada! 🤡🎈

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

O livro possui duas histórias, sendo que a de Jeanne-Marie Leprince de Beaumont é, a grosso modo, um resumo da versão original da Gabrielle-Suzanne Barbot de Villeneuve. Portanto, vou me focar na história mais longa.

Nela, Bela e seus seis irmãs e irmãos já foram prósperos, mas os negócios do pai sofre um abalo e a família é obrigada a se mudar para uma região mais simplória. As irmãs ficam bastante irritadas uma vez que agora não possuem mais luxos e nem grandes pretendentes e se ressentem da humildade de Bela, que aceita a nova situação com tranquilidade.


segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Nenhum autor foi tão adaptado em 2017 como Stephen King. E tem opções para todos os gostos: The Mist e Mr. Mercedes para os apaixonados por séries e A Torre Negra e o remake de It- A Coisa para os cinéfilos de plantão! Seus lançamentos literários saem cada vez mais rápido no Brasil e vários de seus livros fora de catálogo estão dando as caras nas livrarias. 

Stephen King é meu autor favorito e presença constante aqui no blog ❤! Para comemorar seu sucesso e seu aniversário de 70 anos vamos fazer um incrível sorteio!


Um sortudo ou sortuda receberá em casa:
1- Funko Pop It - Pennywise (with boat)
1 - Livro A Coisa

Para participar é fácil!

- Curta a página do EntreLinhas Fantásticas no Facebook;
- Compartilhe a imagem da promoção em modo público;
- Marque TRÊS amigos na publicação oficial;
- Preencha o formulário https://goo.gl/hKcZwT

O resultado do sorteio sai dia 28 de Setembro, às 17h! Boa sorte!


REGRAS

- A promoção tem início dia 05 de Setembro de 2017 e termina dia 28 de Setembro de 2017. O resultado será disponibilizado no dia 28 de Setembro de 2017.

- Para participar basta compartilhar a imagem da promoção em modo PÚBLICO, marcar três amigos nos comentários da publicação oficial→ https://goo.gl/J4B3HH, curtir a página do Facebook do EntreLinhas Fantásticas → www.facebook.com/entrelinhasfantasticas e preencher o formulário → https://goo.gl/hKcZwT


- O sorteado ganha: 01 Funko Pop! Pennywise (with boat) + 01 Livro It - A Coisa ~ Stephen King.
- Preencha esse formulário somente uma vez, preenchimentos múltiplos serão desconsiderados.
- O nome do ganhador será divulgado aqui no blog e em nossas redes sociais assim que o sorteio for realizado;
- O ganhador deverá entrar em contato via e mail em até 3 dias úteis após a realização do sorteio. Caso não entre em contato, será realizado um novo sorteio;
- Caso o ganhador deixe de cumprir qualquer uma das regras ele será imediatamente desclassificado e um novo sorteio realizado;
- O EntreLinhas Fantásticas é responsável pelo custo de envio;
- O prêmio será enviado com código de rastreamento (que será disponibilizado ao ganhador), porém não nos responsabilizamos por eventuais danos, perda ou extravio por parte dos Correios;
- Não será feito um novo envio do prêmio, por isso certifique-se de que passará os dados corretos e haverá alguém disponível para recebê-lo;
- O prêmio será enviado pelo EntreLinhas Fantásticas em até 30 dias úteis;
- Promoção válida apenas para residentes no Brasil.
--Ao participar desse sorteio você autoriza o envio de Newsletters e Promoções do EntreLinhas Fantásticas via e-mail.


sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Nós ficamos tão acostumados com os grandes blockbusters que mais vezes do que nos damos conta acabamos por não dar o devido valor para as histórias comuns. Eu sempre gostei de dramas que contam os conflitos cotidianos de pessoas e famílias normais e é com essa temática que Laís Bodanzky, diretora de filmes como “O Bicho de Sete Cabeças” e “As Melhores Coisas do Mundo”, volta a brilhar com “Como Nossos Pais”.

Pra começar, desde o trailer eu achei brilhante a escolha do nome do longa, pois “apesar de termos feito tudo que fizemos, ainda somos os mesmos e vivemos como os nossos pais”. O atemporal hino de Belchior que foi eternizado na voz única de Elis Regina cai como uma luva para esse filme, que trata dentre outros assuntos principalmente dos problemas de família e dos atritos entre mãe e filha, do choque de gerações e do momento onde as diferenças se encontram em semelhanças.


Busca

Tecnologia do Blogger.

Sobre Nós

No Blog

Arquivo

Sorteio

Seguidores

Facebook

Instagram

Twitter

Editora Parceira

Parceiros

Postagens Populares

Visitas

As opiniões aqui presentes são próprias das autoras do blog, não representando necessariamente a opinião das editoras e/ou autores.