segunda-feira, 14 de setembro de 2015


Confesso que não sou muito fã de contos, mas como fã do Stephen King, eu sempre compro os dele. Mas QUEEE belo livro de contos esse Escuridão Total Sem Estrelas!

Somos apresentados a quatro contos. O primeiro, com o título de 1922, conta a história de como Wilfred e seu filho assassinam a esposa/mãe por conta de uma disputa de terras e os eventos gerados depois disso. No próximo, O Gigante no Volante, Tessa, uma escritora de suspense, tem a vida virada de ponta cabeça após pegar um atalho e descobre dentro de si uma força que não pensava que existia. No terceiro, Extensão Justa, Dave tem câncer e durante um passeio descobre um homem misterioso que lhe propõe um prolongamento de vida, mas a um alto preço. E por fim, em Um Bom Casamento, Darcy, casada a 27 anos, descobre casualmente algumas verdades sobre o seu marido que fariam bem em jamais existir.



O que eu geralmente não gosto de contos é que as vezes eles são superficiais. Tenho a impressão de que quando a história engrena, o conto acaba. E por mais que eu goste de fantasia e seja fã do Stephen, alguns de seus contos são brisados demais. Mas nada disso acontece em Escuridão Total Sem Estrelas. Aqui os contos tem começo, meio e fim. Mesmo que o Extensão Justa seja voltado para a fantasia, as histórias são bastante verossímeis, o que os tornam extremamente assustadores, por mais que não sejam do gênero terror.



O conto que mais gostei, O Gigante no Volante, é um claro exemplo. Após sair de uma apresentação literária, Tessa pega um atalho por uma estrada secundária, onde seu carro cai em uma armadilha e tem o pneu furado. Um homem imenso e simpático aparece pouco depois oferecendo ajuda, prontamente aceita por Tessa. Até que o homem resolve estupra-la. No mundo doido de hoje, infelizmente, não é uma coisa difícil de acontecer. E isso desperta nossos medos e inseguranças, muito mais que um livro cheio de monstros e demônios despertaria.



Eu gosto de livros bonitos e bem feitos, e Escuridão Total Sem Estrelas é PERFEITO! Quem teve a ideia de pintar as laterais das páginas de preto é um gênio. O livro ficou com um visual fantástico. Misturado com a genialidade do Stephen King, o livro entra para a lista dos favoritos e merece um grande brinde!




0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Busca

Tecnologia do Blogger.

Sobre Nós

No Blog

Arquivo

Sorteio

Seguidores

Facebook

Instagram

Twitter

Editora Parceira

Parceiros

Postagens Populares

Visitas

As opiniões aqui presentes são próprias das autoras do blog, não representando necessariamente a opinião das editoras e/ou autores.