segunda-feira, 21 de setembro de 2015


O Hobbit. Livro tão querido que me introduziu ao universo de Tolkien e me encantou completamente. E que de certa forma, me fez participar da minha própria aventura. Na história que se passa 60 anos antes de O Senhor dos Anéis, Bilbo Bolseiro vive tranquilamente em sua bela toca de hobbit no topo da colina, desfrutando de várias refeições ao dia e de todo o conforto possível, quando o mago Gandalf aparece em sua porta em uma linda manhã para investigar se ele seria um ladrão pareo para uma grande aventura.




A contragosto, Bilbo convida Gandalf para um chá, sem esperar que treze anões também bateriam na sua porta, dentre eles o altivo Thorin Escudo de Carvalho, e usariam sua casa para conspirar sobre a perigosa viagem que desejam fazer a fim de reconquistar seu tesouro roubado. Após uma bela canção dos anões, seu lado Tûk desperta, e mesmo temeroso, Bilbo parte com Gandalf,  Thorin e Companhia em busca do tesouro roubado por Smaug, o dragão.


É incrível ver a evolução de Bilbo. No começo da jornada, a todo empecilho Bilbo pensa por que está ali e não em sua toca desfrutando das delícias de sua dispensa. Mas conforme a jornada avança e o desconforto aumenta menos Bilbo relembra de seus confortos . Evolui da criatura pacata e medrosa a um valoroso e bravo companheiro de viagem, sempre crescendo na estima dos anões até que ele informalmente se torna o líder da Companhia.


Publicado antes de O Senhor dos Anéis, O Hobbit é um daqueles livros voltados ao público infantil que fascinam pessoas de qualquer idade. É fácil se encantar pela história e se cativar pelos personagens. O tom é infinitamente mais leve e divertido mas sem deixar de lado as características da escrita de Tolkien. Frases marcantes e inteligentes estão por todo o livro.
Adoro a lindíssima edição com capa em tecido ilustrada por Jemima Catlin. O material e os detalhes em dourado na capa lhe dão um belo ar antigo, como se ele viesse dos tempos antigos da Terra Média. As edições regulares da obra trazem várias ilustrações feitas pelo próprio Tolkien. Entre elas o Mapa do Thorin e das Terras Ermas e vários desenhos de paisagens ou ambientes pelos quais os personagens passam. E a minha favorita, de Bilbo e Smaug conversando.
Mapa do Thorin
Cidade do Lago por J. R. R. Tolkien
Bilbo conversando com Smaug
Smaug por J. R. R. Tolkien e Jemima Catlin
Existe muito mais nele do que vocês podem imaginar, e muito mais do que ele mesmo possa ter ideia.

Sobre a minha aventura, bem…


Ela começa quando foi feito o anúncio da Comic Con Experience, ou CCXP, e eu e minhas amigas Amanda e Katherine tivemos a ideia de fazer nossa estreia no mundo do cosplay no melhor estilo Terra Média. Entre alguns perrengues, mas principalmente muita diversão e aprendizado, pois tirando a roupa em si passamos vários finais de semana fazendo todo o resto sozinhas, eis o resultado. Amanda de Tauriel, Katherine de Frodo e eu de Thorin.
Katherine como Frodo, Amanda como Tauriel, eu como Thorin e Jack como ela mesma na CCXP
Eu como versão feminina de Thorin :)

Já deve ter dado para perceber qual é o meu personagem favorito. Ao assistir os filmes virei fã de uma pessoa em especial. Richard Armitage, que tão linda e maravilhosamente interpretou Thorin Escudo de Carvalho, Rei Sob a Montanha! Como boa súdita que sou, desde quando vi “Uma Jornada Inesperada” coloquei na cabeça que eu queria ver esse homem ao vivo e a cores. E o sonho estava prestes a se tornar realidade quando anunciaram a vinda dele na CCXP, na pré estreia de A Batalha dos Cinco Exércitos, último filme da trilogia. #SURTEI
Sure you are! <3

Por conta de problemas com ansiedade, cheguei no domingo, data da pré estreia, na CCXP mais tarde do que planejava. Todo mundo já tinha pulseirinha, todo mundo entrou, e eu fiquei para trás. O desespero começava a surgir, até que o Gean disse “vamos” e puxou eu e a Amanda pelo braço até a grade que separava a multidão da entrada do evento.
Eu acredito que Deus coloca as pessoas em nosso caminho com um propósito. E para mim foi o que aconteceu naquele dia.  Eu e o Gean não nos conhecíamos antes da CCXP. Nos conhecemos e fizemos amizade ali, na fila. E ele, tão fã quanto eu, não ameaçou entrar em desespero como eu estava prestes a entrar no momento em que acreditei que a causa estava perdida. Ele sempre disse “nós vamos conseguir”. E céus, nós conseguimos.
Lá pelas tantas, na grade, chamaram uma galera para entrar nos lugares que haviam sobrado na sala de exibição do filme. Eu, Amanda e Gean fomos escolhidos num total de 20 pessoas para ver se por acaso haveriam lugares. E lá dentro, nas catracas, fomos enfim informados que não veríamos o filme coisa nenhuma, mas que conheceríamos e pegaríamos o autógrafo do Richard Armitage.
Eu não sabia se pulava de felicidade ou se chorava! Foi uma das maiores sortes e alegrias que já tive na vida! Quando eu sai de casa minha mãe disse “você vai ver o Thorin” e eu vi!
Fomos para outra fila, em frente a região dos autógrafos. Ali aguardamos mais um pouco. Eu quase tendo um ataque, tentando me controlar, Gean e Amanda tentando me acalmar. E a hora chegou. Gean foi na frente e eu logo em seguida. Ao entrar na sala ainda tive um vislumbre do Richard se despedindo do Gean. E a minha vez.
Gean, colega da fila que perdemos contato :(, eu surtando e Amanda aguardando na fila do autografo!  

Esse é o tipo de coisa que só quem é fã de alguém entende. Não tenho como explicar a sensação de estar ali em frente do cara que admiro, vestida no cosplay do personagem interpretado por ele. Lembro dele olhando para mim e perguntando meu nome. Pegou o card do Thorin da minha mão e autografou. Antes de devolver, para a minha grande surpresa, pegou a barra do meu casaco e perguntou se eu que tinha feito. Só consegui responder que sim. Ele assentiu, devolveu o card, agradeci e tive que partir. Para lá fora chorar tudo o que podia chorar de tanta alegria! Sonho realizado!

Apareço rapidinho, aos 0,13 segundos, no video dos melhores momentos do domingo da CCXP, quando o Richard assina meu card e pega na barra do casaco. Não preciso neeeem falar que eu sempre surto quando assisto a esse video <3



Só gratidão ao Gean por não ter desistido (aliais, o Gean é tatuador e fez a tatuagem muito foda de O Pequeno Príncipe da Jack!), a CCXP pela oportunidade, a minhas amigas Amanda, Katherine, Joyce, Jack e Denise e aos meus familiares por me aguentarem durante esses dias surtados! <3
Tantas boas lembranças da CCXP, e a melhor delas repousa em seu lugar de honra na minha estante de livros <3

4 comentários:

  1. Ai, que legal esse post!
    Eu amooo essa estória do Tolkien, é meu livro favorito de aventura! Seu cosplay ficou lindo, lindo, parabéns.
    E o que é essa sua edição, hein?! Maravilhosa, simplesmente <3

    Beijinhos, Hel.
    http://leiturasegatices.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Hel! Ounnn não é um livro mega fofo? Eu adoro <3
      Muito obrigada pelos elogios ^^
      Bjão

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Busca

Tecnologia do Blogger.

Sobre Nós

No Blog

Arquivo

Sorteio

Seguidores

Facebook

Instagram

Twitter

Editora Parceira

Parceiros

Postagens Populares

Visitas

As opiniões aqui presentes são próprias das autoras do blog, não representando necessariamente a opinião das editoras e/ou autores.