segunda-feira, 26 de outubro de 2015


Semana do Dia das Bruxas e mês do terror. Claro que não podia faltar meu querido STEPHEN KING! <3 Especialmente para a ocasião reli Carrie, o primeiro romance publicado pelo mestre e um dos primeiros livros dele que li.


Carrie sempre foi alvo de chacotas na escola por conta de sua aparência, religiosidade e roupas largas e pesadas. Filha de uma mãe completamente louca fanática religiosa, vive em uma casa repleta de imagens bíblicas onde absolutamente tudo é coisa do demônio.



A garota já havia manifestado seu dom telecinético na infância, mas ele retorna com força total após um episodio no vestiário feminino. Carrie menstrua debaixo do chuveiro, aos 16 anos, na frente de todas as outras garotas. Diante de sua confusão (já que a mãe nunca se deu ao trabalho de explicar para a filha o que seria aquilo) vira, mais uma vez, alvo de gozações e de uma chuva de absorventes. Carrie entra em pânico e é socorrida por uma professora.

Sue, uma das estudantes envolvidas no episódio, se arrepende e tenta fazer algo para consertar seu erro enquanto Chris faz o contrário. Tenta encontrar um modo de destruir Carrie de uma vez por todas.


Carrie tem a leitura fluída e direta. A narração é a todo momento interrompida por depoimentos e artigos sobre o ocorrido na cidade de Chamberlain, dando ao livro um ar de estranha realidade. King por vezes antecipa os acontecimentos, mas de forma alguma soam como spoilers. O leitor só fica com ainda mais vontade de saber o que aconteceu.



Eu acho Carrie uma história muito triste. Especialmente graças a introdução do autor no comecinho do livro. Stephen King baseou a personagem em duas garotas reais com as quais conviveu. Ambas morreram antes de completar 30 anos.

~Pitaco da Dede! ~ Antes do livro, eu já havia assistido as versões cinematográficas de Carrie menos a mais recente! e sempre gostei muito da história... No Natal, a Tha me presentou com o livrooo e só consegui ler agora em outubro shame on me! Os filmes são bons, mas nenhum chega perto da profundidade de todos os problemas associados a Carrie. No livro temos um contato tão profundo com a personagem que não temos como não sentir empatia por ela... vemos seu desejo de ser "normal"... O desenvolvimento de sua telecinese, o desencadear de seu poder e como ele funciona é incrível... Até o boom e o fatídico dia de formatura que transforma a vida de todos em verdadeiras histórias de terror. Essa proximidade com a realidade falada na resenha é muito interessante, a jogada de intercalar as narrativas vai te instigando a continuar, até mesmo eu que já sabia do que ocorreria devido aos filmes, virava as páginas fervorosamente para ter essas outras perspectivas da história!

Meu conselho é: Mesmo que vc já tenha assistido algum filme sobre Carrie, leia o livro, porque estar na cabeça de Carrie e saber esse outro lado da história foi enriquecedor. Carrie é uma obra que aborda o bullying e como ele pode ser devastador.

Minha citação favorita: "Ninguém fica melhor, as pessoas só ficam mais espertas... Quando fica mais esperto, você não para de arrancar asa de mosca, só imagina um motivo melhor para fazer isso." -Sue Snell


6 comentários:

  1. Oi Thalita,
    Sou fã do King e acho que ele seja um dos melhores autores da atualidade.
    Dos livros mais antigos dele, só li O Iluminado e não achei aquilo tudo, e tenho receio que o mesmo aconteça com Carrie.
    Mas acho que o interessante do livro deve ser justamente "entrar" na cabeça da personagem.
    Abraço,
    Alê
    www.alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alexandre! Obrigada pela visita :)
      Aehhh que legal! Eu gosto de vários livros mais antigos do Mestre, mas O Iluminado também não é dos meus favoritos. Gostei infinitamente mais da continuação, o Doutor Sono.
      Abraço!

      Excluir
  2. Oi, Thalita, tudo bom? ^^
    Eu li Carrie no ano passado e gostei muito mais do livro do que do filme. A cena do baile, para mim, é a mais aterrorizante e dá uma agonia e aflição muito maiores ao ler o livro! Para ser o primeiro livro publicado do autor eu achei muito bom! Li pouco do SK, mas anseio por ler mais!

    Beijinhos, Hel.
    leiturasegatices.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Hel!
      Acredita que não assisti ao filme? Eu adoro livros de terror, mas quanto aos filmes eu sou bastante covarde. preciso criar coragem e assistir. Sou meio suspeita para falar, adoro o Stephen King <3
      Bjs

      Excluir
  3. Olá Thalita, Carrie foi uma das primeiras leituras minhas da obra do King, li ainda adolescente e por isso o livro teve maior apelo na época, gostei bastante da estória e tudo mais. Faz parte do que chamo da Trilogia escolar do King, Carrie dialoga diretamente com as meninas, Christine fala sobre garotos e a mais "cruel" Fúria exprime esses sentimentos através da violência :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rafa!
      Obrigada pela visita!
      Também li na época de adolescente e sempre gostei da história. Não conhecia o Fúria, coloquei na lista de leituras. Espero que um dia eu o encontre a venda :)
      Bjs

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Busca

Tecnologia do Blogger.

Sobre Nós

No Blog

Sorteio

Arquivo

Seguidores

Facebook

Instagram

Twitter

Editora Parceira

Parceiros

Postagens Populares

Visitas

As opiniões aqui presentes são próprias das autoras do blog, não representando necessariamente a opinião das editoras e/ou autores.