quinta-feira, 8 de outubro de 2015


Em comemoração a turnê Legião Urbana XXX Anos, onde Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá comemoram os 30 anos do lançamento do primeiro álbum da banda, uma resenha para quem é mega fã da Legião Urbana por nossa colaboradora Vera Branco!
Sou fã da Legião Urbana desde sempre. Daquelas que sabe varias letras, incluindo de Faroeste Caboclo, de cor, e fiquei super empolgada quando soube que Dado Villa-Lobos guitarrista da banda tinha escrito um livro contando a sua história. Tenho outros livros sobre a Legião, mas nada se compara com o relato de quem viu tudo de dentro.




Dado relada todo o processo de gravação dos oito discos da banda, conflitos com os outros integrantes e fatos das poucas turnês e apresentações em programas de tv. No final do livro o Dado fala que não é propriamente saudosista em relação aos anos que ele passou na Legião, talvez realmente ele não seja, mas eu me peguei lembrando coisas que só fãs conseguem lembrar.
Dado relembra os shows que a banda deu nas chamadas “danceterias” lugares aonde os adolescentes dos anos 80 iam para se divertir e eu lembrei do anuncio do show deles em uma danceteria perto de casa, mas não consegui lembrar porque não fui, pouca idade ou pouco dinheiro talvez, ser adolescente nos anos 80 era uma merda.



Dado conta das vezes em que o Renato Russo interrompeu shows por conta do comportamento da plateia, mas não conta do show que vi no Ginásio do Ibirapuera em que o Bonfá saiu lá de trás entregou um negocio para o Renato, que mandou acenderem as luzes e disse que não tocaria mais porque aquilo era vidro e podia matar alguém. A banda deixou o palco, mas não vi ninguém deixar o ginásio, pelo contrario, todo mundo começou a chamar a banda de volta, depois de uns quinze minutos eles voltaram e terminaram o show, não lembro em que ano foi isso, 87/88? Provavelmente a Fernanda, esposa do Dado, que foi empresaria da banda nos primeiros anos, e guarda os registros dos shows, deve ter a data desse show marcada em algum lugar.
Nesse dia apesar da Legião já estar se tornando a banda extremamente cultuada que se tornaria não houve maiores problemas com o publico, diferente daquele fatídico show no estádio Mané Garrinha em Brasília, ouvir a versão do Dado foi bom, mas acho que na verdade ele não deve ter tido a verdadeira versão do que deve ter se passado com o publico, não estive nesse show, mas estive nos dos dias 11 e 12 de agosto de 1990 no antigo Parque Antártica, mais tarde esses shows se tornariam o CD duplo As Quatro Estações – Ao Vivo. Dado fala do derrame de ingressos falsos que houve no show de sábado, onde o espetáculo que era para ser para 40 mil pessoas acabou sendo para 60 mil, mas isso não descreve o que eu vi, acho que a produção não deve ter contado a banda o que realmente se passava lá fora.
Para quem não conhece o Parque Antártica, hoje Allianz Parque, fica praticamente sozinho em um quarteirão do bairro de Perdizes em São Paulo, quando cheguei para ver o show havia uma fila de três voltas ao redor desse quarteirão que não é pequeno. Pelos portões abertos dava para ver que não cabia mais nem uma mosca dentro do estádio, eu nunca tinha visto algo como aquilo, e olha que assim como o Renato fui fã do Menudo, e acho que jamais vou ver.



Eu estava entre as pessoas que sentaram na guia e choraram de frustração por não poder ver o show, também estava entre aquelas que foram dar queixa na delegacia do bairro, no fim a produção anunciou que quem tivesse ingressos verdadeiros podia ir ver a apresentação no domingo, eu fui, cheguei bem cedo, peguei um lugar ótimo, esse show foi bem tranquilo, não tinha tanta gente e a banda esteve ótima. Acho que vale também dizer que durante a semana a produção devolveu o dinheiro de quem não tinha conseguido ver a banda tocar.
Lembrei de um monte de outras coisas, mas se eu continuar isso vai virar as minhas memórias e não a resenha do livro do Dado, então voltando ao livro...
Como fã sempre tive a imagem da Legião como sendo de uma banda integra que tinha cuidado com o que fazia na carreira e com o que apresentava aos seus fãs, o Dado só faz  confirmar essa imagem, principalmente evitando falar muito dos problemas que ele e o Bonfá tiveram com a família do Renato.
Adorei que as fotos estão em meio ao texto e não em um bloco só de fotos como costumam fazer nesse tipo de livro. A leitura é fácil, o papo é bom e no final fica um gostinho de quero mais.



Edit Denise: Próximo domingo, 11/out, faz 19 anos que Renato Russo nos deixou "cedo demais" (como a própria música dele diz),  suas músicas ainda são tocadas e cantadas pela geração coca-cola e seus filhos e vão perdurar por muito tempo com certeza! E apesar dessa data, também temos uma notícia muito boa para fãs que, assim como eu, não viram essa banda incrível dos anos 80'...A turnê em Homenagem aos XXX anos da Legião Urbana!!! Dado e Bonfá passarão por diversas cidades cantando os maiores sucessos da banda!!! 

Então, legionários, seremos a voz dessa banda e faremos uma linda homenagem ao Renato e à Legião!! \o/

O show em São Paulo ocorre dia 07 de Novembro no Espaço das Américas. Maiores detalhes no ticketbits.

Nós vemos lá!

Urbana Legio Omnia Vincit

4 comentários:

  1. Olá, Thalita!
    Tudo bom?
    EU nunca fui fã louco da Legião urbana, mas sei da qualidade do som e das composições.
    Eu amo Vento no Litoral <3
    Esse livro tem a edição muito bonita.Você já leu o que a Companhia das Letras lançou sobre o Renato Russo? Acredito que você pode gostar.

    Gostei do seu blog,estou seguindo.
    =)

    Diego, Blog Vida & letras
    PROMOÇÃO rolando: www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiie Diego, tudo sim e com você?

      Essa resenha foi a tia da Thalita, a Vera Branco, que escreveu a Tha postou! :)
      A Jack e eu somos super fãs!! Euuu sou mega fã da Legião e do Renato desde criancinha, a paixão só foi aumentando, justamente pela qualidade do som e das composições, não tem como não se identificar!! *-----*

      Vento no Litoral é lindaaa, um pouco triste, mas belíssima!!

      Eu viii, está na lista da black friday, o "Só por hoje e para Sempre", espero que entre em promoção!! \o/

      Muito obrigada pela visita!! Volte sempre! <3

      Vamos espiar o seu tbm!!! hehehe *-*

      Bjs :*

      Excluir
  2. Olá, tudo bem? Eu não sou muito fã de não-ficção e também não sou fã de Legião Urbana, mas acho que esse livro para quem é fã é uma ótima dica. Beijos
    SIL | Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Silviane! Obrigada pela visita! :D
      Esse livro é ótimo para os fãs, justamente pela perspectiva do Dado, quem já era fã láááá na década de 80' vai relembrar muita coisa, muitos momentos, como é o caso da nossa colaboradora. Já quem não pôde acompanhar a Legião, é uma forma de se aproximar muito mais pelo olhar de um dos integrantes!

      Se vc tem um amigo legionário é um ótimo presente! <3

      Bjs

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Busca

Tecnologia do Blogger.

Sobre Nós

No Blog

Arquivo

Sorteio

Seguidores

Facebook

Instagram

Twitter

Editora Parceira

Parceiros

Postagens Populares

Visitas

As opiniões aqui presentes são próprias das autoras do blog, não representando necessariamente a opinião das editoras e/ou autores.