segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016


Desde o lançamento eu quis jogar Assassin’s Creed IV: Black Flag. Por um único e principal motivo: PIRATAS! Na última Black Friday comprei um novo vídeo game e finalmente pude satisfazer a minha vontade e me apaixonar completamente! Sério, eu pirei com o jogo! E tão logo terminei quis ler o livro. Ganhei de presente de aniversário da minha tia Mônica, portanto, obrigada titia <3


Aperte o play e embarque no Jackdaw conosco!

Em Assassin’s Creed - Bandeira Negra conhecemos Edward Kenway, um jovem de 17 anos, criador de ovelhas, bebedeiras e confusões, que teme terminar como o pai: dono de uma fazenda. Edward se apaixona por Caroline, filha de um importante comerciante da cidade. Mas a ânsia de Edward não é consumada com o casamento, e cada vez mais ele deseja se aventurar por terras distantes a fim de fazer fortuna e dar a esposa a vida de regalias que ela merece.


Edward aceita então o trabalho de corsário, uma espécie de pirata que ataca e saqueia com o aval da Coroa Britânica. Sua vida marítima vai bem até que se vê obrigado a se tornar um pirata de verdade e acaba em uma ilha com Duncan Walpole. Sendo obrigado a assassinar o homem, Edward lhe toma o seu manto, uma carta e um estranho objeto. Duncan é esperado em Havana, com a promessa de uma grande recompensa, assim Edward se faz passar por ele em busca de sua fortuna. De brinde descobre sobre os Templários, o Observatório e o Credo dos Assassinos.



Edward Kenway é um anti herói extremamente carismático. Faz o que faz em busca de dinheiro, gosta de encher a cara e de olhar o traseiro de moças voluptuosas. Ao mesmo tempo em que trata sua tripulação com respeito e jamais deixa os amigos na mão. O livro é narrado em primeira pessoa como se ele estivesse contando a história a alguém, dando a impressão de ser ao próprio leitor.
Só não espere grandes novidades em relação ao jogo. Gostei que toda a parte da Abstergo foi ignorada. O começo e o final do livro tem um excelente desenvolvimento, mas algumas passagens do meio são exatamente iguais. Não que seja ruim, já que eu esperava fidelidade, mas a narrativa em si poderia ter sido melhor desenvolvida e não deixada da forma em que ficou, como um ctrl c + ctrl v da narrativa original. Seria interessante ver alguns eventos e personagens de forma mais aprofundada.


Já havia notado em alguns outros livros do Grupo Record uma impressão com letras meio borradas. Mas em Bandeira Negra, além dos borrões, existem palavras com letras mal impressas e pontuação faltando, como hifens e travessões, o que incomodou bastante a leitura.
Ainda assim gostei muito de Assassin’s Creed - Bandeira Negra. Virei fã da franquia e estou bastante curiosa para ler os demais livros da série. Edward Kenway, jundo do Capitão, Jack Sparrow, entrou para o meu hall de piratas favoritos <3



4 comentários:

  1. Oi, Thalita!
    Eu só li Renascença e Irmandade e parei por aí. Achei a linguagem do autor muito cansativa.
    Adorei seus bonequinhos.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio do livro Marianas | Porcelana - Financiamento Coletivo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luiza!
      Só li por enquanto o Bandeira Negra e curti. Só achei mesmo que alguns personagens poderiam ter sido melhor aprofundados. Em breve pretendo ler um outro livro da série :)
      Bjs

      Excluir
  2. Nunca fui de jogar, e te falar que eu invejo quem é. Jogos sempre me chamaram muita atenção, mas sempre acabava enjoando logo :( Acho que um dos únicos que joguei mesmo foi Mário, e hoje em dia jogo Hearthstone, mas só quando realmente não tenho nada para fazer hahaha
    Sobre o livro: tenho um amigo que é mega fã da série e ele encheee meu saco para ler, mas só enrolo. Quem sabe um dia, né? rs

    Mago e Vidro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tisa!
      Sério? Sempre gostei de video game. Tudo começou com o Nintendo 64 <3
      O livro é bem legal e mesmo sem nunca ter jogado dá para entender tudo :)
      Bjs

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Busca

Tecnologia do Blogger.

Sobre Nós

Arquivo

Sorteio

Seguidores

Facebook

Instagram

Twitter

Editora Parceira

Parceiros

Postagens Populares

Visitas

As opiniões aqui presentes são próprias das autoras do blog, não representando necessariamente a opinião das editoras e/ou autores.