quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016


Para o Desafio Literário obrigatório de fevereiro, cujo tema é um livro com magia, escolhi O Mágico de Oz! Um dos livros que ganhei no Natal e que a tempos queria ler. E não decepcionou <3 Dorothy vive com seus tios e seu cachorro Totó. Até que um ciclone atinge a sua casa, fazendo-a alçar voo e rodopiar até cair em uma terra distante. Tento como companhia apenas o seu inseparável cãozinho, Dorothy dá de cara com os Munchkins, homenzinhos bem pequenos e simpáticos, e com a Bruxa do Norte. A Bruxa alegremente lhe informa que Dorothy, sem querer, matou a Bruxa Má do Leste e libertou os Munchkins de seu opressor domínio. Mas a menina não se importa com nada disso, quer apenas voltar para Kansas e seus tios. A Bruxa então lhe diz para visitar a Cidade das Esmeraldas em busca de Oz, o Grande Mágico, pois ele é o único que pode lhe ajudar já que toda a Terra de Oz faz fronteira com um imenso deserto. Antes de partir, a Bruxa do Norte pede que Dorothy leve consigo os sapatinhos prateados da Bruxa Má do Leste pois eles contem poderes mágicos.

Dorothy calça os sapatinhos e junto de Totó segue o seu caminho pela estrada de tijolos amarelos. Em breve encontra o Espantalho. Ele escuta a história da menina e resolve viajar em sua companhia, pois acredita que Oz poderá lhe dar um cérebro já que sua cabeça é recheada apenas de feno e seu maior desejo é ser inteligente. O trio logo encontra o Lenhador de Lata. Suas juntas enferrujaram e o coitado está a um tempão imóvel. Dorothy o ajuda e logo fica sabendo que o maior sonho do Lenhador é ter um coração para poder retornar para a sua amada. Resolve se juntar ao trio a fim de solicitar um coração ao mágico. Não tarda para encontrarem o Leão Covarde. Conhecido como o mais bravo dos animais, não se conforma com sua covardia e, acreditando que também poderá ser ajudado por Oz, segue viagem com o grupo até a Cidades das Esmeraldas.



Não pensei que fosse curtir tanto o livro. O mundo criado por L. Frank Baum é repleto de cores e sua escrita é fluida e gostosa de ler. Seus personagens são simples mas muitíssimo bem construídos. O livro é repleto de ilustrações, algumas coloridas, de W. W. Denslow. As notas de rodapé são bastante bacanas. Nelas descobri que os sapatinhos originais são prateados. Se tornariam vermelhos apenas no filme, pois ofereciam um melhor contraste em relação aos tijolos amarelos da estrada. E o Lenhador de Lata se tornou o Homem de Lata por ter uma sonoridade melhor no idioma original.



A bela edição em capa dura da Zahar trás também uma apresentação da vida e obra do autor por Martin Gardner e prefácio de Gustavo Franco. Confesso que não li, pulei direto para a história, e essa é a minha única critica a edição. O texto de Gustavo Franco termina na página 63, um caminho muito longo para se chegar na história em si. Quando abro um livro espero dar de cara com a história principal, então para mim a edição seria mais harmoniosa caso se iniciasse com O Mágico de Oz e só então viessem os textos extras. Enfim, gostei bastante de conhecer a Terra de Oz e fiquei surpresa com a mensagem do final. Um livro bacana tanto para adultos quanto para crianças. Agora estou extremamente curiosa para ver o filme!




12 comentários:

  1. Ah... esse livro é tão amorzinho! No final até derramei uma lagriminha #manteigaderretida
    Eu acho esse livro ideal para crianças, ao contrário de "Peter Pan" que achei meio sanguinário e "Alice no país das maravilhas" que é um pouco complexo! Mas como você disse, Thalita, agrada muito os adultos também.

    Amei a resenha!

    Beijos.

    Leituras & Gatices

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Hel!
      Também achei um amor <3
      Depois da sua resenha fiquei bastante curiosa para ler o peter Pan. Aline eu não gostei, viagem demais huahua
      Bjs

      Excluir
  2. Oi Thalita!
    Esse livro deve ser incrível! Eu adoro a história do Mágico de Oz, mas nunca li o livro, só vi o filme.
    Legal saber dessas diferenças, como a cor dos sapatinhos. Engraçado que os sapatos vermelhos se tornaram um ícone, será que seria assim se fossem prateados?

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sora!
      Estou doida para ver o filme. E pensei a mesma coisa em relação aos sapatinhos huahua
      Bjs

      Excluir
  3. Olá!
    Ótima resenha!
    Como assim os sapatinhos não são vermelhos???? ME SINTO ENGANADO! AHUAHUAHAUH
    Eu sou louco pra ler O Mágico de Oz, mas tinham me dito que se tratava se uma série, não é isso?
    =D

    http://osdragoesdefogo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kaio!
      Também me senti huahua tipo coooooooomo assim???
      Sim , existem mais livros. Mas esse tem começo, meio e fim, não deixa pontas sabe?
      Bjs

      Excluir
  4. Ooi! Primeiro que Zahar = ♥
    Todos os livros tem edições maravilhosas e tenho vontade de ler esses clássicos só pelo prazer de tê-los em mãos.
    Bom, eu nunca vi o filme e nunca li o livro. :( Tenho muita vontade mas sempre adio a compra dos livros.
    Beijos
    Sil - Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Silviane!
      Não é? Esses classicos andam cada vez mais saindo em edições lindas e dá vontade de ter todos!
      Bjs

      Excluir
  5. Te falar que acho que estou mais apaixonada pela edição da Zahar do que pela estória hahahah
    Que linda, gente! Cheia de figuras bonitas, isso sem falar dessa capa dura super bem feita.
    Quando eu era criança adorava o filme dessa estória, mas depois de velha nunca mais tive contato com ela. Quem sabe eu não leia para alimentar a nostalgia, né? haha

    Abraço,
    Mago e Vidro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tisa!
      Eu ainda não assisti ao filme acredita? Então foi tudo inédito. Eu gostei bastante e concordo que a edição da Zahar chama muito a atenção, muito bonita :)
      Bjs

      Excluir
  6. Oi Thalita,
    Li O Mágico de Oz há muito tempo e já nem lembro direito da estória. Preciso reler um dia desses.
    Essa edição da Zahar está linda mesmo.
    Abraço,
    Alê
    www.alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alê!
      Foi meu primeiro contato com a história. Realmente gostei bastante :)
      Bjs

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Busca

Tecnologia do Blogger.

Sobre Nós

No Blog

Arquivo

Seguidores

Facebook

Instagram

Twitter

Editora Parceira

Parceiros

Postagens Populares

Visitas

As opiniões aqui presentes são próprias das autoras do blog, não representando necessariamente a opinião das editoras e/ou autores.