quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016


O tema opcional do Desafio Literário 2016 é “um livro com dois ou mais pontos de vista”. E que dureza encontrar esse livro! Portanto vibrei de alegria quando ganhei do meu tio O Menino dos Fantoches de Varsóvia e vi que ele tem DOIS pontos de vista! Obrigada titio <3


O livro é dividido em três partes. Na primeira e terceira parte acompanhamos o velho Mika e seu neto Daniel. Agora morando em Nova York, Mika passa mal ao dar de cara com um poster de uma peça de teatro intitulado O Menino dos Fantoches de Varsóvia. Quando volta para casa, resolve contar sua história ao neto e lhe mostra o antigo casaco de seu avô repleto de bolsos e fantoches. Voltamos então ao tempo, onde o livro se torna narrado em primeira pessoa por Mika. Seu avô, Tatus, encomendou o casaco pouco antes de todos serem enviados ao Gueto de Varsóvia.



Mika então narra a dura vida no Gueto, a forma cruel como ele e sua família foram obrigados a abandonar o seu confortável apartamento e se mudar para um infinitamente menor em um ambiente repleto de medo e ansiedade, já que os soldados não precisam de motivos para atirar. Sua mãe cozinha o que pode com as parcas rações destinadas aos judeus e seu avô passa a maior parte do tempo trancado em um quartinho fazendo sabe-se lá o que. Só quando ele é tragicamente assassinado Mika descobre que o casaco esconde em seus bolsos fantoches e que era isso que seu avô fazia no quarto. Um feroz crocodilo, um animado bobo da corte, a bela princesa e o precioso príncipe com seu manto de pele de coelho.



Encantado com a descoberta e tentando melhorar os ânimos da casa, MIka e sua prima Ellie passam a manipular os fantoches. Não tarda para os dois ficarem conhecidos e serem convidados para animar festas de aniversário e o orfanato e hospital infantil do Gueto. A vida de Mika, dentro do possível, estava bem, até que cruza com o soldado Max, dono da segunda parte do livro e do ponto de vista de um soldado raso na Segunda Guerra Mundial. Não quero me estender a fim de evitar spoilers, mas a parte de Max foi a minha favorita do livro.



O Menino dos Fantoches de Varsóvia é um relato profundo da vida no Gueto de Varsóvia. Eva Weaver narra a paisagem e os acontecimentos de forma crua e chocante, o que me deixou algumas vezes bastante agoniada só de imaginar a vida em tal lugar. Sua escrita é fluida e a edição da Novo Conceito ficou bastante bonita. 



A obra só não leva uma nota maior por conta de alguns fatos que, na minha opinião, se estenderam demais enquanto que outros de menos. O bacana é que no final temos um capitulo chamado O Livro dos Heróis de Mika com um pouco sobre os personagens reais que aparecem na história. Realmente gostei bastante do livro. Uma obra indispensável para quem curte romances históricos.


15 comentários:

  1. Olá Thalita,

    Esse livro está na minha lista de espera de leituras e não sei porque ainda não comecei a lê-lo, mas enfim, adoro esse gênero que pela sua resenha não vou me decepcionar....bjs.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oiii passei para dizer, que indiquei o blog de vcs para responder um TAG bem legal. Espero vcs lá. Beijocasss!!

    http://coisasaserem.blogspot.com.br/2016/02/tag-perguntas-literarias.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sara!
      Obrigada, responderemos em breve ;)
      Bjs

      Excluir
  3. Oi Thalita,
    Acho que esse livro não é para mim, rs.
    Não faz muito meu gênero, sabe?
    Mas foi bom para conhecê-lo!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ale!
      Ahhh que pena. Mas obrigada pela visita :)
      Bjs

      Excluir
  4. Oi, tudo bem?
    Gostei de ler sobre o livro aqui, faz tempos que ele esta na minha lista de desejados *-*
    Bj


    @saymybook
    saymybook.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jess!
      Fico contente que tenha gostado. Curti muito ele, espero que você goste também.
      Bjs

      Excluir
  5. Apesar de achar muito tristes, adoro livros narrando o cotidiano dos guetos de judeus.

    http://porquelivronuncaenguica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ronaldo!
      Eu também, gosto de histórias que envolvam a Segunda Guerra.
      Bjs

      Excluir
  6. Oii Tha!
    Quero muito ler esse livro. Eu estava namorando a capa e o título e nem sabia sobre o que era o tema.
    Gostei bastante da forma como a história é narrada. Meu tipo de livro esse aí. Vou ler a venho te dizer o que achei!
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lê!
      Vou ficar de olho para conferir a sua opinião ;)
      Bjs

      Excluir
  7. Olá Tahlita,
    Gostei muito da sua resenha do livro.
    Ainda não o conhecia, mas achei a premissa interessante. Acho que o fato de algumas histórias se estenderem um pouco chato, mas não apaga o brilho do livro.
    Espero ler e gostar.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruna!
      Fico feliz que tenha gostado. Espero que você goste dele também.
      Bjs

      Excluir
  8. olá, gostei muito da resenha, não conhecia essa obra.
    Vou ler, tomara que seja bom. abraços

    www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Ele é bem bacana, espero que goste :)
      Bjs

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Busca

Tecnologia do Blogger.

Sobre Nós

Arquivo

Sorteio

Seguidores

Facebook

Instagram

Twitter

Editora Parceira

Parceiros

Postagens Populares

Visitas

As opiniões aqui presentes são próprias das autoras do blog, não representando necessariamente a opinião das editoras e/ou autores.