quinta-feira, 10 de março de 2016

Não tinha livro melhor para resenhar nessa Semana da Mulher do que este, uma escritora fantástica e uma personagem principal incrível, eu li A Filha da Floresta há exatos 3 anos e me encantei com a história, vou tentar mostrar o por quê nas linhas abaixo. Ah e hoje vai ter chuva de citação, porque foi impossível escolher só uma. Sério. *-*
“Nossa força é sua, e sua força mantém acesa nossa esperança. A floresta a abraça e acolhe.”

A história se passa em Sevenwaters, província fictícia uma pena localizada na Antiga Irlanda. Sorcha, nossa personagem principal, é a sétima filha de um sétimo filho e possui dons especiais para a cura, desde cedo ela aprendeu a reconhecer e trabalhar com as plantas, unguentos e tudo aquilo que a natureza oferece para salvar vidas e ajudar os outros. Sorcha cresceu cercada pelo carinho e proteção de seus 6 irmãos: Liam, Diarmid, Patriac, Cormack, Conor e Finbar e também aprendeu a conviver com seu pai Lorde Colum, um homem que após a perda da esposa se tornou fechado e soturno, mesmo para com seus filhos. Em suas viagens, Lorde Colum encontra Lady Oonagh e a vê como a figura materna necessária para preencher sua família e é aí que Sevenwaters nunca mais será a mesma.
A madrasta tenta conquistar a atenção dos enteados, porém em pouco tempo ela se revela ardilosa e manipuladora que tem como objetivo adquirir o poder que aquelas terras abrigam para si mesma, os irmãos tentam alertar o pai, mas ele está sob um forte feitiço e não conseguem dissuadi-lo.


Então, os sete decidem usar do poder de suas terras para afastar essa perigosa inimiga, o Domínio de Sevenwaters possui uma proteção dos Seres da Floresta e como eram conhecedores da antiga tradição, as artes druidas e do poder da natureza, tentam realizar um ritual para afastar Lady Oonagh, o que eles não esperavam era que a poderosa feiticeira conseguisse interferir no encantamento e contra-atacar transformando os seis irmãos em cisnes, Sorcha consegue escapar por muito pouco, mas seu fardo só está começando.


Desesperada e sozinha a jovem de 12 anos não sabe o que fazer, seus irmãos se foram e seu pai está envolto num véu de ilusões, quando as esperanças pareciam ter terminado a Dama da Floresta a chama chegou meio tarde, né fia? e diz que ainda há uma esperança e que ela pode desfazer o feitiço, mas com algumas condições...

"Você tem uma longa jornada pela frente. Não há tempo para chorar."

Sorcha teria que produzir 6 camisas, uma para cada irmão, com uma planta espinhenta chamada estrela d’água (starwort, em inglês), a jovenzinha teria que confeccionar o tecido, cortar, costurar, tudo! A planta em questão é bonita, mas muito perigosa provoca ardência, inchaço, vermelhidão e seus pequenos espinhos trazem uma terrível dor e além disso, a partir do momento que a Dama a deixasse, Sorcha não poderia emitir uma palavra ou sequer um ruído, teria que se manter em silêncio absoluto até completar a produção das camisas e vesti-las em seus irmãos, qualquer som que a jovem emitisse durante esse tempo os deixariam na forma de cisnes selvagens para sempre tadinha. A Dama ainda permitiu que os rapazes voltassem a forma humana duas vezes por ano, no primeiro dia do solstício de verão e inverno, porém só pelo período do entardecer ao amanhecer e nessas poucas horas ela poderia conversar com seus irmãos por pensamento, ligação que ela só possuía com Conor e Finbar, na condição que ela não contasse nada sobre sua tarefa a eles.


“ - Por que Sorcha? Por que justo ela tem de sofrer tanto? Ela é inocente e incapaz sequer de ter maus pensamentos. Por que deve fazer esse sacrifício por nós?
- Porque ela é a mais forte. Porque ela se dobra com o vento, mas não se quebra.”

É difícil encontrar palavras para definir minha paixão por essa saga, o livro é baseado no conto dos Irmãos Grimm “Os Seis Cisnes”, mas vai muito além dos elementos clássicos que estão presentes nesses contos! Juliet Marillier consegue unir todos os ensinamentos dos Grimm e trazer dilemas que são facilmente inseridos no nosso dia a dia, Sorcha já é uma personagem madura no início da história, mesmo com seus 12 aninhos, a partir dos acontecimentos principais só a vemos crescer mais e mais, ela é forte, destemida, corajosa, humana e presenciamos toda sua evolução de uma forma espetacular! E isso também acontece no restante da Coleção Sevenwaters, LINDO!!!♥


A autora aborda temas delicados como violência contra a mulher, papel da mulher numa sociedade patriarcal, sua importância dentro da cultura celta, os anseios, medos, revoltas, alegrias, traições, descoberta do amor e durante toda a história vemos vários desses contrapontos. Por ser em primeira pessoa conseguimos sentir toda a angústia de Sorcha, os arrependimentos e motivações que a fazem carregar essa fardo que vai se tornando mais pesado até os últimos capítulos - e que últimos capítulos minha gente!!
Os personagens são muito bem trabalhados, ficamos muito curiosos em saber mais sobre a vida de cisne dos irmãos, mas não chega a ser um ponto deficiente, pelo contrário! Outros personagens vão aparecendo no decorrer da história, destaque para Red, bretão que oferece proteção à Sorcha mesmo sem saber de sua difícil tarefa, o rapaz a encontra logo depois de uma situação muito delicada e que a deixa insegura de sua capacidade de finalizar sua missão… Os caminhos dos dois já estavam traçados desde antes de Lady Oonagh lançar sua maldição aos irmãos e o envolvimento dos dois ocorre de forma gradual, fazendo a moça criar laços que não deveria, restabelecer a confiança perdida nos homens e descobrir sentimentos que até então pensava que nunca poderia desenvolver.


A Filha da Floresta é o primeiro livro da Trilogia Sevenwaters, depois se tornou Coleção Sevenwaters inserindo mais uma trilogia a história, e apesar de existir uma linha cronológica são livros com histórias independentes que se entrelaçam, um ou outro personagem/história se encontra dando seguimento a história principal, eu sempre digo que é a história de Sevenwaters, das terras e dessa família com mulheres incríveis, para mim faz muito mais sentido! ^^ 

A Editora Butterfly está de parabéns, a edição brasileira é lindíssima! A capa, a diagramação, o mapa, a abertura de cada capítulo, até as notas são encantadoras! Como meu livro é da primeira edição tem alguns errinhos que passaram pela revisão, mas a minha tristeza mor é a lombada do livro, o título foi impresso de cabeça para baixo chatiadíssima!! :(, isso me dá um leve toc e não combina com os outros 3 livros da Coleção, mas a história vale tanto a pena que relevo isso! 

"Por que devo me modificar só para agradar a um homem? Se ele não gostar de mim como sou, que procure outra pessoa para se casar."

Ainda hoje enquanto relia algumas páginas para escrever essa resenha, senti meus pelos se eriçarem, meu olhos lacrimejarem e toda a emoção de como se eu tivesse lendo pela primeira vez me invadir! Alegrias, tristezas, revoltas...Tudo o que eu senti voltou em cada parágrafo! É isso que eu espero de um livro!! Não quis contar muito da história, para não estragar a surpresa, que são muitas, mas fica aqui a recomendação! LEIAM!!! Pela obra belíssima, personagens, história envolventes e relevando essas pequenas falhas da minha edição, dou 5* e ganha o ♥ de favorito!! ^^

Você vai descobrir, filha da floresta. Através de dor e sofrimento, de grandes obstáculos, de traição e perda, você seguirá seu caminho.

12 comentários:

  1. Eu nunca li um livro de Juliet Marillier, apesar de sempre ler comentários bem positivos sobre as obras da autora. Gostei da resenha, se tiver oportunidade lerei.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juuu, quando tiver oportunidade leia!! Ela escreve brilhantemente! A mulher é fantástica mesmo!!
      Cada livro é uma abordagem diferente, personagens com personalidades diferentes... Ela fez um excelente trabalho! ^^

      Acho que eu nunca vi uma crítica negativa da obra dela! ^^

      bjs

      Excluir
  2. Sempre tive curiosidade de saber mais a respeito desse livro, lendo a sua resenha parece uma história envolvente, bem do tipo que eu gosto.

    www.eucurtoliteratura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taina,

      Siimm, é uma história muito envolvendo, lembro de ter lido em pouquíssimo tempo! E são mais de 600 páginas!! Eu queria ter contado muitoo mais sobre o livro, mas a resenha já estava enormeee rsrs

      Obrigada pela visita!! ;D

      Excluir
  3. Uau, que resenha!
    Enquanto lia fiquei pensando: "Hm, esse enredo parece um conto de fada!" e quando li que se baseou em um dos irmãos Grimm minhas impressões se confirmaram, haha.

    Deu para perceber que tem muito amor envolvido nessa resenha, né? Livro parece ser muito lindo, a estória, e a capa é linda demais!

    Beijos, Hel - Leituras & Gatices

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem todos os elementos de um conto de fadas né Hell??? *-*
      Pai viúvo, filhos desamparados, madrasta má! Acertou em cheio! hahaha

      Ahh é muito amor envolvido mesmo, queria escrever mtooo mais, mas seria uma chuva de spoilers!! Espero que alguém leia para conversar comigo sobre a obra!! Ontem fiquei o dia inteirooo com o livro em mãos, revendo passagens, trechos... É muito lindo! <3

      Acho que vc ia gostar Hel! ^^

      Muito obrigada pela visita, vc é uma fofa!!! ;3

      Excluir
  4. Desde que recebi o marcador desse livro fiquei morrendo de ler rs, acho que por conta do ar sombrio da capa *-* Sua resenha ficou incrível. Adorei
    Beijos

    www.quetransborde.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lavínia a primeira vez que vi a capa tbm me apaixonei!! A idéia era presentear a minha madrinha, mas ela q me presenteou primeiro!! *-*
      E foi justamente a capa que me encantou!!

      Brigada pela visita!! Bjs

      Excluir
  5. Oi Denise
    já tinha ouvido falar do livro mais esta é a primeira resenha que leio dele. É do gênero que gosto por isso assim que puder vou comprar-lo.
    Abraços,

    Gisela
    Ler para Divertir
    Participe do Sorteio do KIT Jovens de Elite

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Gisela!!

      Espero que vc goste tanto quanto eu gostei dele!! *-*

      Obrigada pela visita!!

      Bjs

      Excluir
  6. Oi Denise!
    Puxa, amei muito a sua resenha! Já tinha um certo interesse nesse livro, mas ficava adiando por medo de comprar e me arrepender, mas agora ele ganhou totalmente minha atenção! Amo Contos de Fadas, então acredito que vou amar essa trilogia!
    Beijo
    http://www.blogleituravirtual.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiie Marina!!

      Os contos de fadas me encantam tanto!! *-*
      Compre sim!! Esse foi paixão a primeira vista e a leitura foi mto mto mtooo agradável!!

      Espero q vc goste, vou ficar aguardando sua resenha tbm!! *-*

      Bjs

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Busca

Tecnologia do Blogger.

Sobre Nós

Arquivo

Sorteio

Seguidores

Facebook

Instagram

Twitter

Editora Parceira

Parceiros

Postagens Populares

Visitas

As opiniões aqui presentes são próprias das autoras do blog, não representando necessariamente a opinião das editoras e/ou autores.