quinta-feira, 16 de junho de 2016


Hoje trago a resenha de um livro que minha miga loka Aline <3 me obrigou a ler emprestou, o romance best seller da  escritora Jojo Moyes que tem sua adaptação chegando hoje aos cinemas com a classificação indicativa “traga seus lencinhos”.


As fotos de hoje minha são da minha miga Aline da @casinhadebrinquedo

Antes de mais nada, devo dizer que quando ouvi desse livro pela primeira vez eu fui algo que tento não ser: preconceituosa. Pelo nome pensei que era um romance/auto-ajuda pra quem levou um pé na bunda. Depois, a interwebs rasa da vida sempre dava aquela comparadinha bááásica com “A culpa é das estrelas” -> resenha aqui <- e eu, não sendo assim lá tão fã de John Green, adiei meu interesse. Então, minha amiga Aline praticamente me obrigou a ler porque disse que eu ia amar e, o mais importante, que ela precisava comentar com alguém o livro (quem nunca?). E foi assim que que eu descobri que a comparação com “A culpa é das estrelas” não faz o menor sentido.


Logo nas primeiras páginas notei algo que distanciava “Como eu era antes de você” de um dos motivos pelos quais John Green ainda não conseguiu deixar uma marca em mim: a personagem principal é adulta, no sentido numérico da coisa. Então é plausível dizer que uma protagonista de 26 anos de idade que deveria ser uma adulta, mas que ainda não se encontrou realmente na vida e que se escora em suas responsabilidades reais e lealdade absoluta como justificativas para procrastinação tende a gerar uma certa identificação maior em se tratando de leitores jovens que já não são assim tããão jovens. Selo “hit too close to home” de encorajamento de leitura.


Dito isso, você não pode esperar que o livro venha a te surpreender quanto a trama realmente. Esse é o típico livro no qual você sabe, desde muito cedo na leitura, exatamente onde ele vai parar e tenta se preparar ao longo do percurso, falhando miseravelmente no final, é claro. E se você, como eu e minha amiga Aline, for uma baita de uma Aviação liquefeita, vai precisar de lencinhos e todo esse clichê.


Em detrimento da temática pesada e polêmica que é o real pano de fundo para a história, o livro é surpreendentemente leve e divertido. A leitura é fluída e suave mesmo nas partes em que as lágrimas atrapalham, me lembrando um pouco Marian Keyes com um senso de humor menos absurdo, mas também cativante.




É um romance diferente, com um desenvolvimento bonito ao longo das páginas e eu diria uma execução distinta dos água com açúcar com os quais estamos acostumados, sem deixar de ser bastante doce mesmo com aquele sabor meio amargo no final. Foi um livro que me pôs pra pensar em assuntos que não imaginava que pensaria quando o abri pela primeira vez e, de mais de uma maneira, me lembrou que é necessário olhar mais profundamente as pessoas e para dentro de si mesmo.


“Havia um curioso sossego em olhar o restante do mundo cuidar de suas vidas."

<3


14 comentários:

  1. Oi Jack!
    Também não sentia vontade de conhecer a obra, porque achei que ia ser algo meloso demais, e eu não gosto de livros melosos demais! Mas resolvi dar uma chance depois que vi o trailer e amei, justamente pela sua temática e por terminar do jeito que terminou. Foi diferente de tudo o que já tinha lido e justamente por eu não achar de jeito nenhum que o Will amava a Lou da mesma maneira que ela o amava, é que eu me impressionei. A Jojo Moyes foi muito realista nesse livro e eu o amei por isso! Ela pegou temas polêmicos e trabalhou muito bem com eles...
    Fiquei abalada com o final, mas não chorei. Talvez porque já soubesse que ia acontecer (spoilers...). Mas quero ver o filme, com certeza vou precisar de lencinhos no cinema! rsrs
    Beijo

    www.blogleituravirtual.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marina. Foi um livro que gostei bem mais do que imaginava. Eu tinha certeza como seria o final, mas o desenvolvimento me surpreendeu.
      Me emocionei com o livro, chorei um pouco por ser manteiga derretida, mas acho que o filme vai precisar de lencinhos mesmo. Estou empolgada pra ver a adaptação, vou hoje matar essa curiosidade.
      BJs

      Excluir
  2. Adorei a resenha! Assim como você, eu não tinha vontade de ler, pois pensava que era super romântico, além de ser comparado com "A culpa é das estrelas"(também não gosto dos livros John Green).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá vendo, Victoria, não fui a única a ser enganada rsrs. Mas a surpresa valeu a pena viu. Quanto ao John Green, não é que eu desgoste dele... Apenas não sou muito fã. Acho que se o tivesse lido na adolescência gostaria mais.
      Abs

      Excluir
  3. Ooi! Amei as fotos *-* A MEEEIA ♥ haha
    Bom, eu adoro esse livro e quando o li ainda não tinha nem rumores sobre o filme, e acabei lendo procurando só um romance bobo... Até achei, na epoca que era um YA (nunca nem tinha lido a sinopse). Me surpreendi muito com a leitura, a história me tocou de uma forma que ate hoje não sei explicar. Um dos favoritos da vida.
    Beijos
    Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha miga arrasou nas fotos né? *-*
      Eu também me surpreendi, gostei muito mais do livro do que pensei que ia gostar. É um romance diferente do que imaginei que seria.
      Bjs

      Excluir
  4. Para tudo, eu quero essa meia! #invejamaster Concordo com sua critica, é fácil se identificar com a Lou, a Jojo tem um humor e mesmo com as lagrimas a situação problema é debatida com muita dignidade. Acho "Como eu era antes de você" um romance muito honesto. Um dos meus preferidos, um dos que mais mexeram comigo, chorei baixinho enrolada no lençol. Foi lindo!

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente. Sou muito diferente da Lou em personalidade, mas temos a mesma idade e devoção a família, bem como apreço as responsabilidades... Então realmente mexeu comigo. Gostei muito de ter lido.
      Bjs

      Excluir
  5. Oi, Jack!
    Eu também não tinha a menor vontade de ler esse livro. Mas quando saiu o trailer, algo me conquistou que resolvi ler e adorei!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Luiza. Espero que goste. O filme foi uma linda adaptação, vi ontem e aprovei. Detalhe, a protagonista é sua xará o/
      Bjs

      Excluir
  6. Adorei assistir ao filme ao lado de vocês (como sempre, muito especial), a resenha, as fotos ... Agora farei o caminho inverso, ler o livro.

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    Nossa, sem palavras para esse livro! É um dos melhores que já li da Jojo e um dos melhores da vida! Não sei dizer se somente a história em si me cativou tanto, mas esse livro é sensacional. Aquele típico livro que quando perguntam, eu recomendo na hora.

    Não conhecia o seu blog, mas adorei e já estou seguindo! :D Convido você para conhecer o meu cantinho também: http://psamoleitura.blogspot.com.br

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Oi, foi o primeiro que li da autora e gostei muito. Vou ler a continuação. Levei uma turma no cinema e saiu todo mundo entre lágrimas falando que queria ler rsrs

    Vou visitar seu blog, obrigada pelo convite.

    Bjs,

    Jack.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Busca

Tecnologia do Blogger.

Sobre Nós

No Blog

Sorteio

Arquivo

Seguidores

Facebook

Instagram

Twitter

Editora Parceira

Parceiros

Postagens Populares

Visitas

As opiniões aqui presentes são próprias das autoras do blog, não representando necessariamente a opinião das editoras e/ou autores.