quinta-feira, 23 de junho de 2016



Recebemos esse lançamento da Editora Record e fiquei na dúvida se deveria começar essa história sem ter lido a primeira saga, Os Instrumentos Mortais, mas como achei interessante o enrendo resolvi ler! Infelizmente, não vou poder fazer comparações sobre os desenvolvimentos dos personagens e nem da escrita da autora, por outro lado vou mostrar a perspectiva de alguém que nunca teve contato com o Universo Nephilim e mostrar se vale a pena se arriscar mesmo sem ter lido os outros livros. Então um leve aviso, vai ter pequenos spoilers sobre acontecimentos da outra saga, mais precisamente do último livro, caso você tenha problemas com isso pule para a análise da obra, sem o enredo! :p 

A capa é lindíssima! Versão holográfica! Dá gosto de ter na estante! *-*

O livro se passa 5 anos após os eventos finais de Instrumentos Mortais e com alguns personagens que apareceram na história anterior: Emma Carstairs e a família Blackthorn. Emma é uma Caçadora de Sombras, uma humana que tem sangue dos Nephilim e junto com seu melhor amigo e parabatai Julian Blackthorn, enfrentam os seres do submundo da região de Los Angeles.

A Guerra Maligna trouxe grandes sequelas para Emma e Julian, ambos ficaram órfãos, a moça perdeu os pais durante o ataque ao Instituto de L.A espécie de Mansão Xavier para Caçadores rsrs e Julian além de lidar com a morte do pai, teve de amadurecer rapidamente para tomar as rédeas da situação e aprender a cuidar de seus quatro irmãos mais novos, já que seus irmãos mais velhos foram exilados por terem sangue das Fadas.



Os pais de Emma foram assassinados em circunstâncias misteriosas e a moça acredita que o verdadeiro culpado ainda esteja à solta em L.A, encontrar o assassino se torna seu objetivo de vida e ela não vai medir esforços para alcançá-lo. Após anos de fracassos, Emma finalmente consegue uma pista concreta, agora fadas e humanos estão sendo mortos da mesma forma, com as mesmas marcas e brutalidade, é a chance que ela tanto ansiava, porém é também a chance de Julian ter sua família completa novamente e trazer seu irmão mais velho, Mark, para casa após anos sob o domínio do Reino das Fadas. Eles só precisariam encontrar o assassino em duas semanas e entregá-lo vivo à Corte das Fadas. Ninguém disse que seria fácil, não é?
Na capa e na contra-capa temos um mapa de Los Angeles e os principais lugares mencionados no livro

Paralelo as pistas e a busca pelo assassino, temos a forte ligação que une Emma e Jules, eles são parabatais; um laço mais forte que o de amizade, alguém em que possa confiar, te fortalecer e que você jura a lealdade máxima, quando dois parabatais lutam juntos a sincronia é perfeita e as habilidades de ambos são melhoradas, porém no decorrer da história os jovens se veem mais distantes e próximos um do outro confuso, né? ¯\_(ツ)_/¯rs, sentimentos que antes não passavam por suas cabeças os assombram, Julian precisa se manter firme pela família e para manter Emma ao seu lado esconde seus reais sentimentos. Já Emma se assusta ao notar que a relação do amigo e protetor pode ser abalada pelas suas novas descobertas. Emma é o fogo: impassível, estourada e devastador, Julian é a água: maleável, sereno e profundo. Todo yin precisa do seu yang, mesmo que para isso algumas leis precisem ser quebradas.

→ Análise Livre de Spoilers :p

O livro tem um bom ritmo e é uma leitura agradável e que prende o leitor pela curiosidade, mas demora um pouco para desenrolar os acontecimentos, quase 1/3 do livro e não estava claro qual era a treta em que eles estavam se metendo, mas mesmo assim várias vezes fiquei curiosa com o que aconteceria na próxima página a curiosidade me instigando desde sempre rsrs. Acredito que o ritmo aumente cada vez mais nos próximos livros já que o pano de fundo já está todo montado, facilitando o desenvolvimento da história!

Emma não conseguiu me cativar tanto, ela é destemida, forte, corajosa, mas um pouco prepotente, inconsequente e a história dela e de Jules como parabatais acaba se tornando muito repetitiva, parece que as mesmas informações são reforçadas e uma ou outra coisa é acrescentada pontualmente um looping infinito... E, pelo que pude notar, Emma não é nada parecida com Clary apesar da grande admiração que ela nutre pela moça de IM.
Já Julian é um fofo que esconde vários segredos, ele tem seus momentos sérios como “pai” dos Blackthorn, mas também alguns momentos impensados de um jovem de 17 anos com muitas responsabilidades nas costas! Gostei demais dele! ^^

Outros personagens merecem destaque: Cristina Rosales e Mark Blackthorn... A primeira é uma Caçadora de Sombras do México, sua sensatez e simpatia me encantaram, espero que nos próximos livros ela seja mais explorada! Já Mark é bem mais misterioso que Julian e tem uma personalidade bem marcada e até mesmo ambígua, gostei muito da história dele e de como a autora conseguiu (re)criar os laços dos irmãos, principalmente com Ty. Incrível! Algumas abordagens que a autora faz me surpreenderam positivamente, por exemplo, ela traz questões ligadas à orientação sexual de uma forma simples, sutil e de maneira comum, como deve ser, e de maneira indireta também trata de assuntos como autismo e insanidade mental, fazendo o leitor refletir diversas vezes sobre esses assuntos.

De uma forma geral gostei muito do livro, por isso dou 4*! Caso você não tenha lido Os Instrumentos Mortais e não se importe em saber o que acontece no final da saga, pode ler antes sem medo! No começo você sente que algumas informações foram mais esclarecidas nos primeiros volumes, mas isso não interfere em nada o desenvolvimento dessa série. Para quem já conhece os I.M acredito que seja leitura obrigatória! Alguns personagens anteriores aparecem e são citados n’A Dama e há um capítulo extra que conta algo bombástico sobre Clary e Jace! Acho que alguns fãs vão à loucura! hahaha
Desde que haja amor e lembrança, não existe morte de verdade. ~ John Carstairs

22 comentários:

  1. Que resenha fabulosa, a capa desse livro é muito linda e essa espada que usa como marcador onde achou?? Amei, amei, estou seguindo!

    Daily of Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brigada Fê! ^^
      Ahh espadinha eu tenho há algum tempo, comprei numa loja de artigos esotéricos, mas acho que na Liberdade também tem! :3
      Ouunn, aproveita e participa das nossas promos tbm! Temos duas no ar! ^^

      Bj:****

      Excluir
  2. Oie Denise!
    Amei sua resenha! Eu não conheço muito o universo da Cassandra Clare, mas ando lendo tantas coisas bacanas a respeito das obras da autora, que acho que passou da hora de iniciar minha jornada pelas séries hahahaha. Achei a espadinha um amor também! Combinou muito com o livro, as fotos ficaram incríveis. O jeitinho que você escreveu fez o leitor ficar realmente com vontade de procurar mais sobre a história. Estou seguindo essa lindeza de blog ♥

    Um beijo!
    Débora
    http://amorlivronico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee Débora!
      Que bom que gostouu da resenha, fico feliz!!
      Eu tbm não conhecia, mas agora que li esse bateu uma curiosidade de saber mais sobre Os Instrumentos Mortais! O problema é que descobri que além dos outros 6 principais, tem 6 spin-off, fora essa nova trilogia!! Vou ver como inserir esses 12 livros na minha wishlist! uahsuhasuhaushas

      Beijão e obrigada pela visita! ♥

      Excluir
  3. Olá, Denise.
    Quero muito ler esse livro. Mas vou terminar a outra série antes hehe. Falta dois livros ainda de Os Instrumentos Mortais. As Peças Infernais li todos e amei. Por isso acho que vou gostar desse também. A capa é linda e agora fiquei querendo saber o que é que essa bomba da Clary e do Jace hehe

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiee Sill!
      Tenho certeza que vai ammmmarrr!E é provável que encontre mais referências do que eu encontrei! :D
      Depois me diga o que achoouu! *-*

      Bjs!!

      Excluir
  4. Como eu já li "Instrumentos Mortais" como você disse é leitura obrigatória, acabei de comprar o meu na Amazon e estou super ansiosa para que chegue. Cada resenha que leio me deixa mais e mais ansiosa!

    #DoQueEuLeio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pandoraaa,

      Leitura obrigatória mesmo, esse universo Nephilim é todo intrincando, achei a ideia da Cassandra Clare genial! humanos + anjos! Será que ela é fã de Supernatural?! rsrs

      Leiaaa e quero ver sua resenha depois! *-*

      Bjs :*

      Excluir
  5. Ah, as coisas que você pontuou sobre repetição e um pouco de enrolação, isso é da Cassandra mesmo... ela é um pouco prolixa, mas depois de ler os 6 livros de I. M. eu já a amo também por isso! <3 A forma como ela aborda temas tabus é maravilhosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente se acostuma e entende que da própria autora, né?! rsrs
      Mas é bom saber, pq são 6 livros de I.M acho que vou demorar um tempinho para lê-los! rsrs

      Ammmeiii a parte dos tabus, fiquei chocada de tão feliz! *-*

      Bjs :**

      Excluir
  6. Oi Denise!!!
    Nunca li nenhum livro dessa série, mas adorei sua resenha e fiquei curiosa pelo livro!
    Já tinha visto na livraria e sempre achei a capa dele maravilhosa! Aliás, as capas de todos os livros da autora são lindas, né?
    Beijos
    www.blogleituravirtual.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee Mahh!

      Quando eu vi os lançamentos de abril/maio da Record o título e essa capa lindíssima já encantaram!
      Esse foi meu primeiro e fiquei curiosa com todo o universo! Vale a pena dar uma chance quando tiver um tempinho, já que descobri que com esse são 13 livros (entre Instrumentos Mortais + spin-offs) rsrsrs

      Bjinhos! :**

      Excluir
  7. Oi Denise,
    Eu não sou uma fã da Cassandra, então não me animei com esse livro.
    Mas todos elogiam e essa capa é tão linda... Não sei se me arrisco.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiie Ale!

      Olha, se a editora não tivesse me enviado, provalvemente eu não teria lido por ser um spin-off! Fui conhecer a escrita da Cassandra através desse livro! Ele te instiga a ler os próximos dois livros e de quebra te deixa curiosa com o que aconteceu anteriormente, já que outros personagens da primeira saga aparecem durante a leitura!

      Se vc curte anjos, demônios, lutas, mistérios, dentro de uma bom universo fantástico. Acho que a Cassandra conseguiu fazer isso muito bem!! Aí vale a pena arriscar e se preparar para todas as leituras! *-*

      Bjinhos :*

      Excluir
  8. Oi, Denise. Tudo bem?
    Eu ainda não li nenhum livro da série. Pode atirar pedras hahaha.
    Kris resenhou esse livro lá no Blog e adorou.
    Estou bem curiosa para começar a ler. Adorei sua dica.
    http://revelandosentimentos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiie Natyy!

      HAHAHAHAHA pode ficar tranquila que esse é meu primeiro contato com a Cassandra e os Nephilim! rsrs
      Não vou atirar pedras em você não! uahsuhaushaushuahs

      Vou procurar a resenha da Kris, quero ver outras perspectivas, principalmente de quem já leu Instrumentos Mortais! :*

      Bjinhos :*

      Excluir
  9. Oi Denise!
    Não sei nada sobre Instrumentos Mortais, então se fosse ler essa série teria uma experiência semelhante à sua (o que deve ser semelhante com a que tenho ao ler Bloodlines, sem ter lido Academia de Vampiros). Que bom que começar pelo spin-off não atrapalhou o seu envolvimento.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiie Mari!

      Siiimmm, mas achei super válido, sabia? A Cassandra conseguiu mesmo desenvolver o spin-off 'independente' de I.M, já que apesar de já mostrar familiaridade com alguns personagens eles não são o foco dessa trilogia! Mas que fiquei curiosa com explicações sobre o Universo Nephilim, ahh isso eu fiquei! E acho que em I.M ela mata essa minha curiosidade!

      Bjs :*

      Excluir
  10. Oi, Denise! Eu não tenho o hábito de ler fantasia, apesar de gostar do gênero. Escuto muita coisa boa a respeito dos livros e da escrita da Cassandra Clare, mas nunca li nada da autora. Mesmo dando para ler as sagas separadas, eu ia ficar com a sensação que você teve, de que faltam as informações dos livros anteriores. Então acho que só leria essa depois de ler a anterior.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiie Carla!

      Fantasia é, definitivamente, meu gênero favorito! Amooooo essas várias possibilidades que os autores criam! *-*
      Esse foi meu primeiro contato e de certa forma a Cassandra me surpreendeu! Não fazia ideia do que esperar, já que nunca tinha me interessado em ler Instrumentos Mortais!

      Siimm, quem quer entender tudo tim-tim por tim-tim, melhor ler na ordem cronológica mesmo!! *-*

      Bjinhos e obrigada pela visita! ♥

      Excluir
  11. Oi querida,

    excelente resenha! Eu nunca terminei IM, apesar de saber o final, e fico mais tranquila em saber que essa série pode ser lida de forma independente da outra! Uma pena que a protagonista não te conquistou tanto, mas se, no geral, o livro te agradou, então tá tudo bem rs

    Beijos!
    Visite o Mademoiselle Loves Books
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiie AnaLu! *-*

      Muitooo obrigadaaa! ♥
      Nossa, tbm fiquei tão tranquila em ver que não teria que ler I.M de imediato que a leitura me animou muiiitooo! Quis trazer para o Blog justamente para a galera que se interessou pela sinopse e não teve coragem de ler por ser um spin-off!

      Eu gosto de avaliar como um todo e normalmente a personagem principal perde espaço para algum outro! E isso aconteceu com a Emma! Mas não atrapalhou nadinha! hahahaha

      Beijos e obrigada pela visita! ♥

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Busca

Tecnologia do Blogger.

Sobre Nós

No Blog

Arquivo

Seguidores

Facebook

Instagram

Twitter

Editora Parceira

Parceiros

Postagens Populares

Visitas

As opiniões aqui presentes são próprias das autoras do blog, não representando necessariamente a opinião das editoras e/ou autores.