segunda-feira, 20 de junho de 2016



A resenha de hoje é para comemorar a volta da série “Orange is the new black” que estreou sua quarta temporada na Netflix no último final de semana. Então chamem seus advogados e vistam seus melhores uniformes laranjas porque é hora de visita. E não se esqueçam: NO TOUCHING!
Fonte: Popsugar

Assisti a primeira temporada na série mais ou menos na época de seu lançamento por ter ficado curiosa com tantos comentários e memes sobre ela. Uma série tão nova e com tamanha hype, chama a atenção. Comecei a assistir sem grande empolgação, mas com o tempo a curiosidade sobre a vida das detentas e seus dramas cresce de tal forma que você simplesmente precisa saber aonde aquilo tudo vai acabar e maratonar não é mais apenas uma opção e sim um fato. Qual não foi minha surpresa quando a primeira temporada terminou em um dos ganchos mais angustiantes de todos e eu, louca para saber o que acontecia, quando ainda não havia sequer data de lançamento da segunda temporada, corri atrás do livro para descobrir. Na época ainda não havia tradução do livro e a versão física estava uma fortuna e só por encomenda, foi assim que li o ebook ainda em inglês (motivo pelo qual não temos fotos nossas nessa resenha).


Desespero em final de temporada

Aí quem ainda não leu pensa: Que legal, a Jack descobriu o que acontecia e aplacou sua ansiedade… ERRADO. O livro é completamente diferente da série, mas apesar de não ter servido o propósito da minha leitura em primeiro lugar, eu diria que valeu a pena assim mesmo.

O livro é uma autobiografia, na qual Piper Kerman conta sua experiência no período que passou presa numa penitênciaria feminina. Se você espera todo o drama e violência do seriado, provavelmente vai se decepcionar. É basicamente a história de uma americana branca de classe média-alta que cometeu um erro terrível que ninguém esperava que ela cometesse e teve então que pagar por ele e, assim, conhecer uma realidade completamente distinta da sua. Evidentemente a ficção é muito mais televisiva e a realidade um tanto quanto menos interessante. Assim, a Piper Chapman (da série) sofre muito mais que a Piper Kerman (a real), mas ainda assim o livro nos oferece uma história fascinante sobre suas experiências na prisão e sobre as pessoas que encontrou ao longo do caminho. Não chega a ser uma história muito profunda, mas pode ser divertida e até mesmo emocionante em alguns momentos.

Esse é um dos raros casos em que eu prefiro a adaptação à obra original, mas nesse caso em particular com a explicação de que a fantasia conseguiu um feito que a autora não alcançou no livro: Profundidade das personagens. Eu particularmente odeio a Piper da série (a do livro é bem mais carismática) e para mim o melhor da série são as histórias das outras detentas, que são diversas e realmente interessantes.

Em resumo, para os grandes fãs vale a leitura, mas não vai agregar muito para o acompanhamento da série. Sobre tudo eu diria que, apesar de ter aproveitado a leitura, não foi um livro que realmente me marcou.


Every human being makes mistakes and does things they’re not proud of. They can be everyday, or they can be catastrophic. And the unfortunate truth of being human is that we all have moments of indifference to other people’s suffering. To me, that’s the central thing that allows crime to happen: indifference to other people’s suffering. If you’re stealing from someone, if you’re hurting them physically, if you’re selling them a product that you know will hurt them—the thing that allows a person to do that is that they somehow convince themselves that that’s not relevant to them. We all do things that we’re not proud of, even though they might not have as terrible consequences.

Tradução livre

Todo ser humano comete erros e faz coisas das quais não se orgulham. Elas podem ser cotidianas ou catastróficas. E a verdade lamentável de ser humano é que todos nós temos momentos de indiferença ao sofrimento de outras pessoas. Para mim, essa é a principal razão que permite que crimes aconteçam: indiferença ao sofrimento de outras pessoas. Se você está roubando de alguém, se você os está machucando fisicamente, se você os vende um produto que sabe que vai machucá-los - o que permite que alguém faça isso é que de alguma maneira eles se convencem que aquilo não é relevante para eles. Todos nós fazemos coisas das quais não nos orgulhamos, mesmo que elas talvez não tenham consequências tão terríveis.




E pra quem já viu a nova temporada, alguns gifs para você se identificar:


Eu no final da temporada...

Eu no final da temporada parte 2...

Eu quando percebo que acabei a temporada num final de semana e  me pergunto: Como vou fazer pra aguentar um ano?






17 comentários:

  1. Olá Jack!
    Já ouvi falar muito dessa série também, mas ainda não tive aquela vontade desenfreada de assistir. Talvez porque já esteja acompanhando algumas e eu não gosto de ver várias ao mesmo tempo, parece que não consigo terminar nunca haha
    É interessante quando achamos um livro de uma série que gostamos, não? Ainda que um pouco diferente, é legal ver outros pontos de vista ou conhecer personagens de uma maneira diferente!
    Beijo
    www.blogleituravirtual.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marina. Eu sou viciada em seriados, vejo um monte rsrs...
      Realmente esse é bem diferente, mas a justificativa é completamente válida. Então foi uma experiência divertida ler ^^
      Bjs

      Excluir
  2. Olá tudo bem? eu tenho uma amiga que é viciada nessa série, e ela fica me perturbando pra eu começar a ver também, já que ela não tem com quem comentar sobre. Mas eu acabo enrolando, eu vejo um bocado e pra começar mais uma tá difícil kkkkk tenho curiosidade de começar a ver, agora que saiu a 4 temporada tá todo mundo falando sobre,vou dá uma chance!
    Beijoos
    http://leitoraemsagas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luciana. Tudo ótimo e você?
      Então a série começa mais ou menos e vai ficando viciante. O mais legal é saber as histórias de cada detenta. Dê uma chance, sim. A primeira temporada é bastante rápida.
      Bjs

      Excluir
  3. EU QUAAAAAAAAAAAAASE cheguei a comprar esse livro certa vez. Peguei ele, fui em direção ao caixa e desisti. Desisti por ter lido que não é igual a série, que tem muitos personagens novos no seriado e que alguns inspirados no livro, mas não reais. Fiquei achando que podia não curtir tanto quanto gosto da série e não levei. Mas hoje até me arrependo de não ter trazido viu :( já tô ansiosa pra assistir os novos epS *-*

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bom ?
    eu amo essa serie, uma das melhores que já assisti, e gostei logo no primeiro capitulo! Ainda não li o livro mais pretendo ler em breve ^^
    Beijos
    bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu achei o primeiro capítulo ok, mas ai fui viciando ao longo da primeira temporada. Depois que ler, conta para gente o que achou ^^
      bjs

      Excluir
  5. Oi Jack!!
    É... acho que não terei como adiar mais essa serie... Já me instigava no começo, e vendo resenhas tão cheias de informações que te deixam com uma pulguinha atrás da orelha, a vontade so aumenta kkkk

    Acho que é uma forte candidata a proxima maratona kkk

    https://jeitodemulhereolhardemenina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Carolina. Manda a ver que essa série é assim: vicia na primeira temporada!!! rsrs
      bjs

      Excluir
  6. Gostei muito do blog, você escreve muito bem e as resenhas são ótimas! Já tem uma nova seguidora, beijoss

    literalizza.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigada pela atenção. É muito importante pra gente o feedback. Equipe ELF agradece ^^

      Bjs

      Excluir
  7. Hahahaha. Fiquei rindo aqui dos gifs.
    Olhe, eu nunca assisti, mas ouvi muito falar. Quanto ao livro, eu já li a sinopse e resenhas bem positivas, mas não tanto quanto a série.
    Quero muito conferir ambos.
    http://revelandosentimentos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Naty.
      Olha, você ficou rindo porque ainda não viu... se tivesse visto já teria chorado junto comigo ausuahsu eita final de temporada BOMBÁSTICO!
      Depois que ver/ler, conta pra gente o que achou.
      Abs

      Excluir
  8. Comecei a ler ele e parei. Não cheguei nem na metade porque não consegui me prender a história. Pode ser que futuramente eu retorne e leitura quando enfim e começar a assistir ao seriado também.
    Beijos
    https://recolhendopalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dany. Entendo porque não se prendeu à história. Eu particularmente tinha uma motivação (descobrir o que aconteceria na série) que acabou sendo não atingida rsrs
      BJs

      Excluir
  9. Oi, Jack!
    Acho que faço parte do 1% que não curtiu essa série. Eu assisti a primeira temporada e não curti muito. Então larguei.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de aniversário do blog Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério, Luiza? Eu comecei achando que não ia gostar, mas lá pelo meio da temporada eu curti bastante.
      Bjs.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Busca

Tecnologia do Blogger.

Sobre Nós

No Blog

Sorteio

Arquivo

Seguidores

Facebook

Instagram

Twitter

Editora Parceira

Parceiros

Postagens Populares

Visitas

As opiniões aqui presentes são próprias das autoras do blog, não representando necessariamente a opinião das editoras e/ou autores.