quarta-feira, 13 de julho de 2016

Estivemos no Anime Friends! Sempre tive certa curiosidade de ir ao evento mas como não sou uma fã assídua de animes e mangás nunca fui. A De não pode ir, mas eu, a Jack e a turma nerd mais querida estivemos presentes e agora contamos um pouco sobre o que achamos do evento.



Chegamos um pouco depois do horário de abertura do evento, que deveria ter início às 11h, para nos depararmos com uma fila enorme e pessoas ansiosas. Sabe-se lá por qual motivo, o início do evento foi adiado sem aviso prévio, atrasando quase uma hora e meia. Conseguimos entrar no evento era quase 14hs. Isso por si só, já demonstra sérios problemas de organização… Mas os funcionários da fila não tiveram orientação alguma. Em algum momento depois de já estamos quase duas horas na fila, uma funcionária chamou a Dona Graça (mamis do nosso amigo Gean) e disse que ela era preferencial, quando ela respondeu que estava junto com um grupo de oito pessoas, a moça não sabia o que fazer e depois de algum tempo tirou todos nós da fila e nos encaminhou para outra fila. Foi aí que a bagunça começou de vez, não sabiam o que fazer com a gente no final da segunda fila. Não sabiam sequer onde devíamos dar o quilo de alimento para doação. Só tinham pulseirinhas de cortesia (que na verdade não tinham diferença alguma da normal) e não queriam nos dar, não sabiam para onde nos encaminhar e nos deixaram parecendo pinball com quilos de alimento na mão sem saber pra onde ir para conseguir entrar. Foi uma confusão capaz de perturbar minha paciência Jedi. Mas no fim tudo deu certo!


Os banheiros também deixaram bastante a desejar. Logo no início do evento estavam sujos e mal cheirosos, porque fomos informados que não havia água nos banheiros químicos #TENSO


Uma vez lá dentro percebe-se que o espaço é bastante amplo e, apesar de termos ouvido reclamações sobre edições anteriores, não achamos cheio. Pelo contrário, era possível transitar tranquilamente em qualquer espaço, o que foi até surpreendente.



A tenda com lojinhas apresentava uma imensa variedade de artigos. Acessórios para cosplay, plaquinhas divertidas, miniaturas Funko Pop, camisetas… difícil resistir! Também contava com mesas de jogos de tabuleiro/card games e exposições. Ficamos impressionadas com essa da LUG Brasil.




Não chegamos a ir na praça de alimentação pois levamos lanche farofeiros <3, mas ela parecia ampla. Espalhados por todo o vento haviam carrinhos de água de coco, sorvete Kibom ou Melona (adooooro!) e da Cinemark com o cobiçado pote de A Era do Gelo a preço promocional (diga-se, um pouco menos caro). No palco, apresentações de bandas e de convidados.


Para mim o grande destaque do Anime Friends foram os cosplayers. Arrasou não só pela qualidade e variedade mas principalmente pela simpatia, a grande maioria de personagens de animes e mangás. Conheci e conversei com muita gente bacana, entre cosplayers, fotógrafos e visitantes. Como eu disse no Guia do Mochileiro da CCXP, ir em um evento de cosplay é deixar de ser um espectador para se tornar uma espécie de coadjuvante. Estreei minha versão do Edward Kenway do Assassin’s Creed IV - Black Flag e curti muito! Nossos amigos Gean, Renata e o pequeno Samuel causaram como a Família Aranha mais linda desse mundo e a Amanda como uma fofíssima estudante de Hogwarts.





Uma das minhas fotos preferidas! Estou procurando o autor, caso seja você por favor me avise para que eu possa dar o crédito :)

Video muito bacana do Fast Food Cultural com diversos cosplayers lindos :)


Passado o estresse inicial gostei muito do Anime Friends. Quem curte animes e mangás com certeza surta muito, mas o evento agrada a fãs da cultura pop de um modo geral e diverte! Ano que vem estaremos lá novamente!

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Busca

Tecnologia do Blogger.

Sobre Nós

No Blog

Arquivo

Sorteio

Seguidores

Facebook

Instagram

Twitter

Editora Parceira

Parceiros

Postagens Populares

Visitas

As opiniões aqui presentes são próprias das autoras do blog, não representando necessariamente a opinião das editoras e/ou autores.