quinta-feira, 21 de julho de 2016


Sai da sessão de cinema de Warcraft com sentimentos conflitantes. Era uma das estreias mais aguardadas por mim em 2016 e até agora não consigo responder se gostei ou não do filme. Falo como mera espectadora, pois apesar de gostar muito de vídeo game nunca joguei Warcraft. Fiquei bastante animada quando recebemos da Editora Record (obrigada!) a novelização do longa. E a animação só foi crescendo durante a leitura.


De um lado temos o orc Durotan, o chefe do clã Lobo do Gelo. Sua terra agora está devastada e, em busca de um lugar melhor para sua família, resolve se juntar a Horda de Gul’dan. O feiticeiro manipula uma magia poderosa conhecida como vileza que, além de outras coisas, é capaz de enviar os orcs para uma nova terra. Mas a magia cobra um preço alto. Vidas precisam ser sugadas para que ela funcione. As vítimas se transformam em cascas vazias enquanto o ceifador tem a pele mudada para a cor verde e adquire uma força extraordinária. Horrorizados, Durotan e sua esposa grávida, Draka, resolvem prosseguir e vão parar em Azeroth. Mas a vilania da magia não sai da cabeça de Durotan.


Do outro lado temos os habitantes da corte de Azeroth. Os ataques de orcs começam. Todos estão confusos, tentando descobrir que criatura atacaria com tanta violência. Até que um jovem mago, Hadggar, vê um fiapo de vileza saindo de um corpo de um soldado morto e solicita a presença do Guardião a Lothar, o mais fiel soldado do Rei Llane. Juntos vão em busca do Guardião Medivh, homem responsável pela segurança de todo o reino.


Ainda que seja idêntico ao filme, o livro traz uma imersão infinitamente maior. A escrita de Christie Golden é ágil e fluida, mas o ritmo aqui é bem menos frenético e o leitor consegue absorver melhor as informações e, o que me fez mais falta no filme, se identificar e se preocupar com os personagens. Adorei ver a devoção a família de Durotan, a lealdade e coragem de Lothar, as descobertas curiosas de Hodggar e o drama de Medivh.


Os defeitos da narrativa ficam difíceis de comentar por se tratar de uma novelização e a culpa não ser necessariamente da autora. Mas alguns pontos poderiam ter sido melhorados. A passagem de tempo é indefinida. Não consigo identificar a história se passa em dias, semanas ou meses. A afinidade entre alguns personagens sugere semanas, mas o ritmo da história dá a entender que foram apenas dias. O final poderia ser um pouco mais extenso e bem concluído e o relacionamento de alguns personagens melhor explorado.


O livro é bastante bonito, com a capa toda fosca e apenas as letras em material brilhante em alto relevo. Me surpreendeu a gramatura firme do papel. Gostei muito da história e de entender melhor esse universo. Fiquei curiosa por mais e espero que gravem (e escrevam) a sequência!


16 comentários:

  1. Oi, Thalita!
    Eu nunca joguei WoW e nem sei muito da história, mas sei que, quando assistir o filme, vou gostar porque tem o meu Ragnar maravilhoso do Travis <3 <3 <3
    Eu acho bem bacana quando "transformam" o filme em livro porque tem sempre um complemento na história.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luiza!
      Ainnn tem mesmo <3 Mas eu sempre fui #TeamRollo hehehe
      Eu antes torcia o nariz mas depois que li as novelizações de Assassin's Creed parei com essa bobeira. Um complemente o outro e no fim fica bem bacana.
      Bjs

      Excluir
  2. Oi Thalita,
    Não joguei o jogo até hoje acredita? E ainda também não aventurei com a leitura. Mas eu gosto de histórias assim.
    Dica mais do que anotada!
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jessica!
      Também nunca joguei. Gosto muito de video game mas nem sei por que nunca me interessei por esse jogo. Mas o livro e o filme (um pouco menos) são bacanas mesmo para quem nunca jogou.
      Bjs

      Excluir
  3. Oi Thalita,
    Eu vi o trailer do filme, mas não sei nada da história já que não li o livro, nem joguei o vídeo game. Não é algo que chame minha atenção, para ser sincera.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alessandra!
      Ahhh que pena. Acho que agrada bastante ao publico que curte fantasia, mesmo que não tenha jogado ou assistido.
      Bjs

      Excluir
  4. Oi Thalita! Não conferi ainda o livro, tb nunca joguei o game, mas quero muito ver o filme, parece mesmo ter um universo incrível!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Michele!
      É sim. Achei o filme meio corrido mas é legalzinho. O livro dá uma complementada :)
      Bjs

      Excluir
  5. Oi Thalita!
    Que bom que valeu muito a pena a leitura do livro! É tão bom quando isso acontece, né? Quando não esperamos muito dele e temos essa surpresa.
    Infelizmente não parece muito o meu gênero, mas gostei da sua resenha! E a diagramação está muito bonita, prende bem a atenção!
    Beijos
    www.blogleituravirtual.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marina!
      Sim fico mega feliz com isso :)
      Obrigada ^^
      Bjs

      Excluir
  6. Oi Thalita,

    sou péssima com video games e confesso que o trailer desse filme não conseguiu me conquistar... Contudo, o livro me chamou atenção, parece ser uma fantasia bem intrigante. Mas uma pena que tenha deixado a desejar em alguns aspectos, mas isso sempre acontece mesmo com a novelização de filmes!

    Beijos!
    Visite o Mademoiselle Loves Books
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana!
      Realmente é uma pena :( mas ainda assim vale a pena. Espero que vc goste caso venha a ler :)
      Bjs

      Excluir
  7. Oi Thalita!
    Assisti ao filme na estreia e gostei bastante, mas acho que é um filme voltado para os fãs do game. Eu jogo Hearthstone e, apesar de ser diferente do Warcraft, é baseado no mesmo universo, com os mesmos personagens, feitiços etc. Então, até consegui entender algumas tiradas bem sutis que foram feitas para os fãs identificarem, sabe? Mas ainda assim, é um filme muito bom.
    Sobre o livro, sou meio traumatizada com novelizações hahaha acho que só leria se fosse fã mesmo.

    Beijos,
    Epílogos e Finais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bianca!
      Que bacana, não conheço o Hearthstone, vou pesquisar hehe Sim sim, e eu acho que tem mais é que ser feito para os fãs mesmo. Mas também precisa incluir o novo publico. Ainda assim curti, com certeza verei a continuação caso ela venha a existir :)
      Bjs

      Excluir
  8. Oi, Thali!
    Também recebi esse livro em ação com a record, mas não tinha me animado muito a leitura, sabe? Nunca joguei o game ou vi o filme, então fiquei com um pouco de receio pra começar a história e acabei passando outros livros na frente, mas a sua resenha me animou e muito a ler! Espero gostar tanto quanto você <3
    Oi, Sávio.
    Amo poesia e como não poderia deixar de ser, esse é mais um pra minha lista. Adorei a resenha!
    Beijos!
    Borboletas de Papel | Fanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLá Aline!
      Que bacana! Fico contente. Espero que vc também goste :)
      Bjs

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Busca

Tecnologia do Blogger.

Sobre Nós

No Blog

Arquivo

Seguidores

Facebook

Instagram

Twitter

Editora Parceira

Parceiros

Postagens Populares

Visitas

As opiniões aqui presentes são próprias das autoras do blog, não representando necessariamente a opinião das editoras e/ou autores.