quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

A médica Sharanya está com um sério problema. Seu experimento envolvendo sonhos saiu completamente errado quando seus doze objetos de pesquisa acordaram berrando DOUTOR ESTRANHO e começaram a matar uns aos outros. Completamente confusa, resolve procurar o mago em sua residência no Sanctum Sanctorum de Nova York a fim de pedir auxílio.



Descobre-se que o problema não é isolado. A população de um modo geral parece mais irritada e agressiva. Até mesmo Sharanya sofre uma tentativa de assassinato por parte de uma garota chamada Jane. Após mais investigação, Stephen Strange descobre que a raiz do problema encontra-se na Dimensão dos Sonhos. O Mago Supremo precisa então se unir ao seu antigo inimigo Pesadelo, a Sharanya e a Jane a fim de resolver o problema de uma vez por todas. Mas Stephen não esperava que no meio de tudo isso precisaria encarar seu passado e alguns pesadelos pessoais.


Quando assisti o Doutor Estranho sai do cinema com a mesma vontade de quando vi o primeiro Thor: vontade de ler os quadrinhos. Mas são tantos arcos e histórias que me sinto perdida, sem saber por onde começar, e a vontade logo passou. Fiquei super feliz quando descobri a novelização pois poderia aprender mais um pouquinho sobre aquele herói que tanto gostei. 

E o livro ajudou muito. Agora, Stephen Strange é o Mago Supremo, não o por vezes atrapalhado aprendiz do filme. O Sanctum Sanctorum se mostra uma residência temperamental, repleta de segredos e descobertas. Existe até mesmo um encontro periódico dos feiticeiros da Marvel em um discreto bar, com direito a uma breve aparição da Feiticeira Escarlate. 


O mais divertido é o ceticismo da Doutora Sharanya com toda a situação. Ela custa a acreditar no que está acontecendo e suas atitudes são as mesmas que nós teriamos caso estivessemos em seu lugar. Pesadelo também diverte com todo o seu sarcasmo. Gostei bastante da definição da Dimensão dos Sonhos e a resolução do problema proposto foi satisfatória.

Mas o livro as vezes se mostrou um pouco arrastado. Por mais que eu quisesse chegar logo no fim para saber o que iria acontecer demorei dias para terminar de ler. A diagramação é muito bonita, cheia de detalhes em verde. Dentro do livro veio um marcador e um poster de brinde <3 


Apesar da leitura as vezes exigir um pouquinho de paciência e não ser tão cativante, gostei muito e fiquei curiosa para ler outras novelizações de quadrinhos feitas pela editora. E espero de coração que lancem algo assim quando sair o novo filme do Thor :)  

Nota 4/5 ★

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Busca

Tecnologia do Blogger.

Sobre Nós

No Blog

Arquivo

Sorteio

Seguidores

Facebook

Instagram

Twitter

Editora Parceira

Parceiros

Postagens Populares

Visitas

As opiniões aqui presentes são próprias das autoras do blog, não representando necessariamente a opinião das editoras e/ou autores.