segunda-feira, 20 de março de 2017

Você já deve ter ouvido falar da Lista. Ela mesma, a de séries. Prima da Pilha, a de livros. Aquela relação infinita de possibilidades e futuros compromissos que todos nós viciados temos e procrastinamos com uma determinação de campeões.

Ok, ok... Nem sempre é procrastinação. As vezes a gente só não consegue acompanhar tudo, é coisa demais pra pouco tempo e as novidades não param. #NetflixMeContrata

E sempre tem aquele um amigo, ou vários amigos, com aquela indicação legal que você quer ver e acaba não sabendo onde enfiar. Quando você diz que vai pra lista, a coisa é séria. Por mais que nem tudo que vai pra lista seja de fato assistido ou ao menos não em curto prazo, o "por na lista" é um compromisso de intenção. E o que vale é a intenção... mais ou menos...

E em meio a indicações e uma lista interminável, sempre surgem vícios não programados ou novidades inesperadas vindas sabe-se lá de onde para furar a fila e roubar seu tempo (para mim as mais recentes são 30 Rock e Girls In The House).

Algumas séries são como relacionamentos em declínio. Você mudou ou ela mudou, mas há uma resistência em terminar... Afinal foi tanto tempo investido e, apesar dos momentos ruins e brigas, ainda há boas lembranças e um sentimento no ar... (TWD?!) Então vocês decidem dar um tempo nessa relação desgastada (Bones?!) e quando vê, nunca mais voltou (True Blood?!)... Mas sempre há a possibilidade de receber aquele "Oi, sumida" (Community).

Outras são relacionamentos a distância. O crush que a gente vê só de final de semana (GOT?!)  e você passa a semana ansiosa pelo encontro, com grande expectativa. E aquele breve encontro, seja satisfatório ou não, vai apenas deixar saudade, especialmente quando houver uma separação/hiato enorme (Ooooh GOT?!!!! u.u).

Há também aquela "one night stand" super intensa, na qual você se tranca no seu quarto e esquece o mundo (basicamente qualquer pérola da Netflix, como Stranger Things e Demolidor). E se você tem muitos "contatinhos", pode precisar de ajuda do celular para manter tantos compromissos sob controle (Obrigada TV Show Time ;D)

E, por mais que possam nos ter feito chorar, há também os longos relacionamentos sérios que foram eternos enquanto duraram, nos marcaram para sempre e que a gente simplesmente não está pronto para deixar no passado (HIMYM?!).

E dentre maratonas e hiatos, assim basicamente é a Lista, que bem como a Pilha, está em constante movimento, como uma promessa difícil de alcançar e que leva você não se sabe onde. Mas como diz meu amigo Zé Henrique: "Essa é a graça, não existe spoiler na vida real".

Accio Controle

2 comentários:

  1. Oi Jack,
    Adorei o post, a minha lista também fica em constante movimento, rsrs...
    Bjs❤
    Abrir Janela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa vida de viciados em seriados não é fácil, neh Line? rs
      Obrigada pelo comentário ^^
      Bjs

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Busca

Tecnologia do Blogger.

Sobre Nós

Arquivo

Sorteio

Seguidores

Facebook

Instagram

Twitter

Editora Parceira

Parceiros

Postagens Populares

Visitas

As opiniões aqui presentes são próprias das autoras do blog, não representando necessariamente a opinião das editoras e/ou autores.