quarta-feira, 26 de abril de 2017

Sabe aquele livro que você lê desconfiada? Não sabendo muito bem como aquele enredo vai funcionar e ele vai te ganhando a cada página virada? Esse é “O Sol Também é uma Estrela”, uma daquelas leituras deliciosas, que quando menos se espera chega a última página. Eu ganhei esse livro no Encontro de Livreiros da Editora Arqueiro, obrigada Arqueiro!! ♥ e comecei a ler por dois motivos: A história curiosa e a protagonista.


A história toda se passa em um dia na vida de dois jovens e algumas pessoas que passam pelos seus caminhos. Conhecemos Natasha, uma jovem jamaicana, em uma situação muito delicada: ela e sua família serão deportados para Jamaica por estarem ilegalmente nos EUA. A jovem não acredita que no fim do dia estará partindo do lugar ao qual pertence, ela chegou no país ainda muito nova e aprendeu a considerar ali como seu lar, ela não conhece nada da Jamaica e mal tem contato com seus familiares de lá. Devido a isso, durante os últimos 7 dias e até menos naquele momento, horas antes de seu vôo, Natasha ainda faz um esforço para tentar ficar em solo norte-americano, indo ao serviço de Imigração e  esperando - mesmo não acreditando nisso, que um milagre aconteça. O Universo é famoso por nos pregar peças… E nem Natasha imaginava que aquele dia seria de grandes acontecimentos.


Do outro lado da história conhecemos Daniel, jovem coreano-americano, que fará uma importante entrevista naquele mesmo dia, essa entrevista definirá sua carreira: ele seria um futuro médico, formado pela Universidade de Yale. Bom, pelo menos era esse o sonho de seus pais, coreanos tradicionais, seu filho bem formado e ganhando dinheiro. Sim, seria perfeito, se não fosse o fato de Daniel ser um romântico poeta que acredita que seu sonho e sua realização profissional estão na contramão daquilo que sua família deseja. Por mais que acreditasse em milagres, destino e coisas afins, Daniel não podia imaginar as peripécias do Universo para aquele dia.

O Universo se encarrega de colocar esses dois jovens de 17 anos no mesmo caminho. Natasha: uma garota cética e realista, Daniel: um grande sonhador, suas histórias se cruzam e durante as poucas horas daquele dia -e entre as resoluções de seus problemas, eles se conhecem e, apesar da resistência da moça, algo químico e mágico começa a surgir entre eles. Aquele dia seria marcado para sempre em suas memórias. Como esse dia  acabaria?


Genteee, que livro fofo! Confesso que no começo fiquei receosa com o estilo de narrativa. A autora intercala, em capítulos curtos, a perspectiva de Natasha, Daniel e algum outro personagem da história e fiquei com medo de acontecer a tragédia de quando li Bruxos e Bruxas :p, mas a forma como Nicola escreve é muiiitoo fluída e encantadora, mesmo quando não se trata dos personagens principais isso não interfere no ritmo da história, eu amei esses parênteses!  É incrível como as páginas vão virando sem nenhum embaraço. 

Por ser um young adult trata de alguns temas juvenis e o romance entre os protagonistas, eu que sempre torço o nariz com histórias de amor à primeira vista fui me encantando com esses dois. Me identifiquei muitooo com a Natasha, não só fisicamente falando (ela é negra com um belíssimo black power! ♥), mas também com o posicionamento ideológico dela, em muitos aspectos sou bem realista, só que - ao contrário dela, eu acredito nesse poder do Universo que o Daniel tanto fala.


É aquele livro para se ler entre leituras mais densas ou quando não se quer se apegar muito aos detalhes, para quem gosta de se deliciar com histórias fluídas com muitos temas (e um tema só rsrs). No enredo temos muita representatividade, um pouco de drama familiar, preconceito, racismo, tudo isso abordado de uma maneira bem leve, como falei na última Crônica ELF, acho super importante essa diversidade de protagonistas e a autora conseguiu me surpreender positivamente, confesso que não esperava gostar tanto do livro. Tá super recomendado!! ♥

Nota: 4,5/5★ ♥

"Nossa história está comprida demais. Estamos tentando encaixar uma vida inteira num dia." ~ Natasha - p.257.

2 comentários:

  1. Olá Denise,

    adorei sua resenha! Estou com esse livro na minha pilha de leituras, mas estava meio receosa, contudo, sua crítica me deixou um pouco mais animada para a leitura! Bom saber que a história é fofa e cativante, além de abordar alguns temas importantes!

    Beijos!
    Visite o Mademoiselle Loves Books
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sem medo, Ana! É uma leitura suave e gostosa! Nada muito elaborado, mas que vale a pena cada página virada! :D

      Obrigada pela visita!♥

      Beijos! :*

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Busca

Tecnologia do Blogger.

Sobre Nós

No Blog

Arquivo

Sorteio

Seguidores

Facebook

Instagram

Twitter

Editora Parceira

Parceiros

Postagens Populares

Visitas

As opiniões aqui presentes são próprias das autoras do blog, não representando necessariamente a opinião das editoras e/ou autores.