quarta-feira, 25 de outubro de 2017

O que ocorreu no princípio de tudo? Qual era relação entre dos deuses de Asgard? Qual a importância da Yggdrasil, seus nove mundos e os seres que ali habitam?
Do princípio do início ao princípio do fim e seu renascer, navegamos por essas páginas e mergulhamos em uma mitologia cheia de simbolismos, deuses ardilosos, inteligentes, traiçoeiros e fortes, mas de certa forma… mortais.


Neil Gaiman reúne em Mitologia Nórdica uma seleção de 15 contos do mundo nórdico. Já começamos a leitura com uma linda apresentação, talvez a mais bonita que já tive o prazer de ler. Ele conta a importância dessa mitologia em suas histórias e sobre curiosidades e pesquisas que o fizeram escolher os contos que compõem esse livro.

Gaiman optou por revisitar os textos originais e deu seu toque mágico, trazendo sua personalidade à escrita, o que torna uma leitura rápida e fluída. Conhecemos alguns dos principais mitos nórdicos e apesar de independentes há conexões entre eles, trançando uma linda linha cronológica dessas histórias que sobreviveram à Era dos Homens.


Vemos um Odin esperto e ativo. Um Loki ardiloso, traiçoeiro e bonito - aquele que consegue sair de todas as encrencas e também se colocar em várias. Um Thor glutão, poderoso, forte, porém não tão perspicaz como se imagina. Uma Freya bela, sensata, desconfiada e tão astuta quanto Loki. Frey, Frigga, Sif, Heimdall, Tyr, Balder, os gigantes de gelo, os elfos de luz e negros, Hel, Fenrir e Jörmungand são outros, que embora não tão conhecidos do grande público, também aparecem. A cada conto vamos percorrendo a Era dos deuses, das batalhas e celebrações regadas a hidromel.

De forma geral, todos os contos me agradaram, pois vamos acompanhando a evolução de como o que aconteceu no início interferiu no fim e desencadeou o Ragnarok, a coletânea foi precisa e bem elaborada. Ainda estou digerindo tudo que foi lido e é difícil escolher os preferidos. Como os contos são rápidos (entre 10~20 páginas cada) e os títulos bem sugestivos, resolvi não falar sobre nenhum deles. Surpreenda-se! *-* 


Mas deixo aqui os meus contos favoritos, cheinhos de tramoias, conspirações, magia e sabedorias, destaque para: O Tesouro dos Deuses, o Casamento Incomum de Freya, O Hidromel da Poesia, As maçãs da Imortalidade, A morte de Balder, Os últimos dias de Loki e Ragnarok: O Destino Final dos Deuses. 

Edição lindíssima da Ed. Intrínseca! ♥

De tempos em tempos me pego estudando um panteão diferente e desde 2014 o nórdico tem me acompanhado em meus estudos místicos. Ler sobre esses deuses conhecidos ou nem tanto, torna tudo mais humano - e explico. Apesar de poderosos, rola uma certa conspiração entre os deuses de Asgard, há um ar de superioridade de alguns e sentimentos não tão nobres. Deuses que estão longe de uma forma perfeita, apesar de todo poderio, beleza e influências. Gaiman apresentou deuses ambiciosos e até aproveitadores - e não é somente em Loki que isso se aplica. Gaiman traz sim os deuses mais conhecidos, mas dá espaço para outros que nem sempre estão em evidências, mas têm tanta importância quanto.

No fim, todos os deuses se encontrarão e o Crepúsculo tomara os nove mundos. Se isso já passou ou ainda vai passar, não importa - de fato. Porque tudo é um ciclo de começo, meio, fim e recomeço. Tá recomendadíssimo e entrou para os favoritos! ♥

Nota: 5/5★ ♥

"Não é o fim. Não há fim. É simplesmente o fim dos velhos tempos e o começo de novos. O renascimento sempre se segue à morte." Heimdall ~ p. 272



3 comentários:

  1. Oi Dê! Nossa, fiquei ainda mais com vontade de ler, li Deuses Americanos esse ano e foi um leitura intensa, já me vejo devorando Mitologia Nórdica também, principalmente porque não conheço tanto, acho que vai ser uma boa experiência. Excelente resenha como sempre!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia, Mi! Para quem não conhece muito é uma ótima introdução, quem já conhece (pelo menos alguns) tbm se sente mais próximo ao Universo! Acho que vc vai amar e devorar mesmo! É uma leitura muito gostosa e nos atiça pela curiosidade!

      Tô em dúvida em qual do Gaiman leio, tô entre Os Filhos de Anansi e Lugar Nenhum! Acho que vou deixar Deuses Americanos pro ano que vem!

      Brigada, Mi! Vc fofa, como sempre! ♥

      Excluir
  2. Resenha maravilhosa, estava em dúvida em comprar de presente para irmã que é professora de História e ama mitologias, vou comprar com toda certeza, obrigada pela ajuda <3 ^^

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Busca

Tecnologia do Blogger.

Sobre Nós

No Blog

Arquivo

Seguidores

Facebook

Instagram

Twitter

Editora Parceira

Parceiros

Postagens Populares

Visitas

As opiniões aqui presentes são próprias das autoras do blog, não representando necessariamente a opinião das editoras e/ou autores.