Kimba: O Leão Branco - Osamu Tezuka

Surtei quando descobri a existência do mangá de Kimba, O Leão Branco! Lembro vagamente de ver a animação quando criança e como imensa fã de O Rei Leão sempre soube das acusações de plágio por parte da Disney, então comecei a leitura cheia de curiosidade e expectativa.


A história começa com Panja, rei dos animais e pai de Kimba, sendo caçado e morto ao defender a companheira que havia sido capturada por uma tribo africana. O conquistador da proeza recebe de presente do chefe da tribo a belíssima Pedra Moonlight.

A companheira de Panja é enviada para um zoológico de navio e no caminho dá a luz o pequeno Kimba. Ela instrui o filhote a pular da embarcação e retornar a sua terra natal a fim de assumir o trono e proteger todos os animais. Kimba acata o pedido e sua grande aventura começa.

A história é dividida em três volumes e cada um deles narra um pedaço da vida de Kimba: filhote, jovem e adulto. Há realmente muitas semelhanças com O Rei Leão como a morte trágica do pai, a dúvida sobre assumir as responsabilidades como rei e alguns personagens e situações muito parecidos em ambas as histórias. 


Mas há muitas diferenças também. Kimba passa um tempo com humanos e até mesmo chega a andar pela selva trajando calças. Existe uma trama paralela envolvendo a busca pela fonte da Pedra Moonlight e até mesmo dinossauros dão as caras na história!

Escrito na década de 50, Kimba tem um traço característico do autor que, apesar de diferir bastante do que geralmente estamos acostumados com mangás, é simpático e expressivo. É uma história de aventura bem humorada, mas o humor muitas vezes entra nos momentos errados e é bem bobo enquanto várias cenas exigiriam uma seriedade maior.


A narrativa se estende demais com personagens ou situações que entram e saem sem grandes apresentações ou necessidade enquanto outras situações são parcamente desenvolvidas. Eu realmente só cheguei no final por conta da curiosidade em saber onde estariam as semelhanças com O Rei Leão, pois a história em si foi me cansando. 

Nota: 2/5 
O Mangá no Skoob: Kimba #1 / Kimba #2 / Kimba #3

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.