Megatubarão

Um submarino desce a mais de 10km de profundidade, muito além da onde se acreditava ser o fundo do oceano, é atacado por uma criatura misteriosa e fica totalmente incapacitado de retornar. Jonas Taylor (Jason Statham) é um especialista em resgates de alta profundidade e aceita socorrer o grupo, mas a criatura vem a superfície e é um tubarão pré histórico com mais vinte metros de comprimento conhecido como Megalodon.


Como fã de Sharknado eu precisava conferir este lançamento no cinema e fico feliz em dizer que saí feliz. A única coisa que eu queria era ver um tubarão gigante comendo gente, e isso o filme tem de monte ainda que demore um pouquinho para acontecer. O início do longa tem uma pegada mais voltada ao suspense, mas quando o bichão dá as caras o filme vira uma sequência de ação ágil e bastante divertida.


O grande mérito de Megatubarão é que, ainda que não seja escrachado como Sharknado, ele não se leva a sério e distribui vários momentos engraçados que vão além do DJ (Page Kennedy), personagem que funciona como alívio cômico do filme. Merece destaque a fofíssima Meiying (Shuya Sophia Cai) que também rende boas risadas com suas tiradas de uma criança de oito anos que ouve tudo.

Ninguém aqui será indicado ao Oscar e uma ou outra atuação é tão péssima que chega a ser cômica, mas os atores se entregaram ao papel e a interação do grupo é natural e convincente. Jason Statham é um herói carismático e fiquei contente em ver que a presença feminina é forte e decidida. 


Megatubarão não se aprofunda muito nos várias pequenas tramas paralelas que apresenta, mas o roteiro central se mantém firme. Os efeitos especiais são muito bons e fiquei imaginando o quão divertido deve ser ver esse filme em uma sala 4D. A Denise viu e disse que vale MUUUITO a pena!

Tendo em vista a proposta do filme, e não chega também a ser um ponto negativo, é que eu gostaria de ter visto o Megalodon fazendo mais. Ele é uma presença bastante assustadora, mas queria ter visto ainda! mais destruição.


Quem gosta desse tipo de filme deve sair contente do cinema. Apesar dos clichês, Megalodon é um blockbuster divertido, tecnicamente competente, com boas cenas de ação e uma trama que rende até alguns momentos surpreendentes. Fiquei bastante curiosa para ver um crossover entre Jonas Taylor e Fin Sherpard.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.