Depois de Auschwitz - Eva Schloss

Eva Schloss relata em Depois de Auschwitz sua vida no pré e pós Segunda Guerra Mundial. O livro começa com Eva ainda criança relembrando fatos comuns de seus pais, seu irmão e de si mesma em sua bela casa na Áustria. Não demora para a situação dos judeus começar a ficar complicada e a família precisar se mudar.

Os Schloss se mudam para a Holanda e a menina segue contando sobre as dificuldades para se adaptar a um novo país e a uma nova língua e o preconceito contra os judeus. Conforme a guerra aperta e a Holanda é invadida cresce o temor e a família chega a passar um tempo escondida, até que são traídos e enviados para o campo de concentração de Auschwitz onde Eva precisa lutar para sobreviver com apenas 15 anos.


Acompanhamos sua vida inteira e sabemos como ela tentou superar os horrores pelos quais passou e como os eventos do campo de concentração moldaram até mesmo coisas simples em sua rotina pós guerra. Uma coisa que curti muito é que seu relato, por mais que tenha momentos de grande tristeza, não é rancoroso. O livro tem um ar de esperança e superação que deixam a narrativa bastante fluída e honesta.

Um fato curioso é que ela conheceu Anne Frank e depois se tornou sua “meia irmã”. Otto Frank, pai de Anne, se casou com a mãe de Eva após a guerra e ambos trabalharam avidamente nos projetos envolvendo o Diario de Anne Frank. Eva fala o que pensa. Por mais que adorasse o padrasto e ele sempre tivesse muito carinho pelas netas, não mede palavras ao comentar que gostaria que a presença de Anne fosse um pouco menor em suas vidas. 

O livro tem um ritmo muito bom, mas ele desacelera quando Eva passa a discorrer sobre sua vida pós guerra e o foco da narrativa se torna seu casamento e seus projetos, mas a leitura continua interessante até o fim. Depois de Auschwitz é um relato completo sobre uma vítima do holocausto e uma grande história de superação que com certeza merece ser conhecida.

Nota: 4,5/5 ★
O Livro no Skoob: Depois de Auschwitz

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.