O Físico - Noah Gordon

Ao pegar nas mãos da mãe que acabou de dar a luz e não está bem, Rob J Cole sente que ela irá morrer, previsão que se concretiza no dia seguinte. Algum tempo depois seu pai tem o mesmo destino e Rob vê seus irmãos mais novos serem distribuídos entre vizinhos e conhecidos. Na idade em que come como um adulto, mas não trabalha como um, o menino passa alguns dias sozinho até que Barber o adota como aprendiz de barbeiro cirurgião.

Seu dom se mostra útil no tempo em que trabalha na companhia de Barber, mas Rob se sente frustrado quando não consegue auxiliar um paciente e acredita que poderia fazer mais. Eis que toma conhecimento de Ibn Sina, professor de uma escola de medicina na Pérsia e decide ir para lá. O problema é que Rob está na Inglaterra e cristãos não são aceitos na escola, então ele decide se passar por judeu e toma o longo caminho para a Pérsia.


Desde quando assisti o filme em 2013 queria ler O Físico, mas sempre achei o livro caro e fui deixando sua compra para depois, e por mais que tenha tentado várias vezes, nunca fui bem sucedida em solicitar ele como troca no Skoob. Só agora em 2018, graças a uma promoção no Kindle, finalmente li a obra e posso dizer que não me arrependi, mesmo com ressalvas.

A jornada de Rob é fascinante e seu longo caminho é pontuado por muito aprendizado. Na caravana em que faz parte, Rob faz amizade com três judeus e aprende a sua religião e seus costumes. Uma vez na Pérsia, é incrível a diferença de mentalidade com o aprendizado da medicina. Se na Inglaterra Rob seria queimado por bruxaria, na Pérsia ele encontra mentes abertas e muita informação útil.

O desenvolvimento dos personagens é primoroso, principalmente o de Rob, um cara carismático pelo qual você torce do início ao fim. O Físico é um daqueles livros que ficam na cabeça bem depois que a leitura terminou e faz pensar o quanto o mundo era ignorante.


Eu adorei a história, mas infelizmente há ressalvas conforme dito acima. Por mais que todo o detalhamento da história tenha o seu charme, em inúmeras passagens me peguei pensando algo como “hummm, havia necessidade disso?”. Vários trechos pouco acrescentam na narrativa e poderiam ser cortados como as inúmeras descrições de comida ou do Jogo do Xá, ao passo que o encerramento de certas questões mais importantes são resolvidos de forma muito rápida e mereciam um melhor tratamento. Talvez fosse uma perda do encantamento da história por minha parte, mas senti que ele diminui o ritmo quando Rob chega na escola de medicina, e vários momentos envolvendo a politicagem na Pérsia são muito chatos. 

Então O Físico foi um livro que gostei, ao mesmo tempo em que em certo ponto me cansei dele. Uma leitura que teve vários momentos prazerosos, mas vários também em que eu já não aguentava mais. Entre altos e baixos, ainda assim valeu a pena acompanhar Rob em sua jornada pois a história tem momentos realmente incríveis. 

Nota: 3,5/5 ★
O Livro no Skoob: O Físico

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.