Castlevania (2ª Temporada)

Eu realmente pirei com a primeira temporada de Castlevania. Com apenas quatro episódios de aproximadamente vinte minutos, o surgimento de Alucard (James Callis), filho meio humano/meio vampiro de Drácula (Graham McTavish), no season finale deixou um gancho gigantesco e muita expectativa para a próxima temporada.


Agora com oito episódios, Drácula segue com seu plano de exterminar a raça humana em vingança à morte da sua esposa. Ele convoca seus generais vampiros para anunciar que Hector (Theo James) e Isaac (Adetokumboh M'Cormack) serão os responsáveis para planejar a guerra. O problema é que os dois são humanos, mestres da forja com habilidades especiais, o que deixa todos os vampiros bastante incomodados. 

Hector e Isaac
Nesse meio tempo Trevor Belmont (Richard Armitage), Sypha Belnades (Alejandra Reynoso) e Alucard conseguiram livrar Gresit de todos os demônios que atacavam a cidade. Alucard não concorda, e sabe que sua mãe também não concordaria, com os planos de seu pai, então os três passam a discutir como matar Drácula. Seu castelo pode se mover, então concluem que o primeiro passo seria tornar a construção estática. Trevor sugere visitar o subsolo das ruínas da residência da sua família, que era especialista em matar criaturas da noite, para tentar encontrar alguma solução.

Trevor, Sypha e Alucard
A série tem mais tempo para desenvolver seus personagens e sua trama e o faz muito bem dentro do tempo disponível. Flashbacks nos fazem entender os motivos para dois humanos estarem trabalhando com o Drácula enquanto uma conspiração passa a ser arquitetada pela vampira Carmilla (Jaime Murray). Mesmo interessante desde o inicio, fiquei o tempo todo pensando onde aquilo iria dar dentro da quantidade de episódios disponíveis, até que as peças começaram a se encaixar e a história deslancha. Não esperava vários acontecimentos que houveram aqui e fiquei realmente muito, mas muito surpresa!

Carmilla e Drácula
Apesar de terem se conhecido a pouco tempo, a dinâmica entre Trevor, Sypha e Alucard é muito natural. Trevor e Alucard se provocam o tempo inteiro, cabendo a Sypha acalmar os ânimos ou dar uns puxões de orelha. Os três são muito carismáticos. Trevor continua o debochado de sempre, ágil e hábil com seu chicote; Sypha é um encanto, fofa ao mesmo tempo em que é uma maga muito poderosa e Alucard é mais sério e contido mesclando força bruta com dons sobrenaturais. Ver os três juntos em combate é um deleite para os olhos. 


O trabalho de dublagem de todos os atores é excelente e Graham McTavish confere tamanha dor a seu Drácula que é difícil não sentir compaixão pelo personagem. Toda boa história precisa de um bom vilão e Drácula é um vilão incrível. 


Apesar do cenário estonteante, a única leve reclamação é em relação a fluidez do movimento dos personagens. Não atrapalha em absolutamente nada e nem tira o brilho da animação, mas incomoda um pouquinho até que se acostume com o seu estilo. Nas frenéticas cenas de batalha os personagens se movimentam mais agilmente e fiquei de queixo caído em determinado combate dessa temporada.

Castlevania desenvolveu muito bem sua trama e seus novos personagens em oito episódios. Infelizmente não tenho o conhecimento dos jogos que gostaria de ter e captei uma ou outra referência, mas imagino a imensa quantidade delas que deve ter aparecido. A segunda temporada finaliza com um gostinho de quero mais. A Netflix ainda não confirmou, mas Richard Armitage disse em entrevista ao Digital Spy em junho que estavam prestes a gravar a terceira temporada, então fica a expectativa para que a confirmação definitiva seja dada e a série renovada.

Dezesseis meses após o lançamento da primeira temporada, valeu muito a pena esperar pela segunda. Terminei em parte chocada, em parte com um sorriso no rosto e com altas expectativas para o futuro do que é com certeza a melhor adaptação de jogos feita até o momento.

Confira o trailer da segunda temporada e boa série!

Atualizado em 01/11: Confirmado! A Netflix anunciou no Halloween que Castlevania foi renovada para a terceira temporada e que dez episódios estão a caminho. Por enquanto não há previsão de estréia.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.